Placas Gráficas: Ethereum vai mudar! Fim do mining à vista!

Como deve saber, o mundo das criptomoedas estás neste momento a passar por um mau bocado, depois de todas as jogadas de Elon Musk terem corrido mal, mas também pelas recentes ações da China, que proibiu vários tipos de serviços no mundo das moedas virtuais, às suas instituições financeiras.

Algo que fez muito boa gente sonhar com um regresso à normalidade, em que é possível ir a uma loja de informática, trazer uma placa gráfica, com os 2 rins ainda dentro do nosso corpo.

Mas não é só por causa do ‘crash’ da Bitcoin que as coisas vão mudar... O próprio Ethereum vai passar por uma revolução! Que por sua vez pode muito bem mudar o mundo do mining focado nas placas gráficas.



Placas Gráficas: Ethereum vai mudar! Fim do mining à vista!

placas gráficas ethereum

Portanto, o Ethereum vai mudar de estratégia, passando para um PoS (Proof of Stake) em vez de PoW (Proof of Work). Algo que irá reduzir o consumo de energia em 99.5% em toda a rede. Bem como a necessidade hardware super poderoso, como são as placas gráficas.

Como é que isto funciona? Não é simples, mas vamos tentar explicar.

Pois bem, atualmente, a rede Ethereum usa o processo Proof of Work, em que cada miner usa o poder de computação do seu sistema para resolver problemas, neste caso, blocos.

Muito basicamente, todos os aparelhos da rede realizam os mesmos cálculos, com o primeiro a chegar à solução a receber uma recompensa em criptomoedas. Como é óbvio, é um sistema que favorece os utilizadores com sistemas mais poderosos, o que também acaba por promover o uso exagerado de energia.

Aliás, o mundo do mining está todo assente nesta estratégia. Afinal de contas, como mais poder de mining equivale a maior hash rate, e isto significa melhores recompensas… Existe um grande investimento dos participantes em hardware poderoso. Especialmente quando começamos a falar das mining pools, em que a recompensa é posteriormente dividida por quem ajudou nos cálculos.

Entretanto, ao que tudo indica, o Proof of Stake chega para tentar resolver muitos dos problemas da rede. Visto que em vez de oferecer os mesmos blocos para todos os sistemas, o PoS elege mais ou menos aleatoriamente um dos validadores para resolver a operação. Mais ou menos aleatoriamente, porque o validador tem de depositar uma quantidade de criptomoedas na rede para garantir sua participação. (Curiosamente, quanto maior o depósito, maiores as chances do sistema em causa ser eleito para resolver o próximo bloco.)

Um novo sistema que aparentemente tem o potencial de baixar o consumo de energia da rede em quase 99.5%. Além disso, e mais importante para quem quer uma placa gráfica para o seu PC, é um sistema que não dá primazia a quem tem hardware mais poderoso. O que pode eventualmente ‘matar’ o mining por placa gráfica.


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, tive o meu primeiro PC aos 10 anos e aos 15 anos montei a minha primeira torre, desde aí nunca mais parei. Tudo o que seja tecnologia, estou na fila da frente para saber mais.

Mais deste autor

Relacionadas

Publicidadespot_img

Últimos artigos

Produção de chips vai ser demasiada em 2023. Queda de preços?

Segundo a IDC, o mercado de semicondutores vai crescer 17.3% durante o ano de 2021! Um número muito superior ao do ano passado, que...

Windows 11: PC Health Check Tool está de volta!

A Microsoft passou os últimos três meses a testar a aplicação PC Health Check Tool para o Windows 10. Lembro que é uma aplicação...

VLC 3.4 para Android: a versão que vale mesmo a pena instalar!

O VLC é sem dúvida um dos melhores leitores multimédia e tem a vantagem de estar disponível para todas as plataformas. Para além disso...

Não perca nenhuma informação de última hora!

Registe-ne na Newsletter Leak e receba diariamente todas as informações no seu email!