Há muitas coisas que todos sabemos que podemos fazer para reduzir o risco de contrair cancro. Evitar o Álcool e o tabaco está no topo da lista. Também o darmos o nosso melhor para ingerirmos alimentos não processados ​​(e talvez até orgânicos). No entanto, uma coisa que definitivamente não podemos controlar é a nossa altura. É que alguns estudos afirmam que o risco de cancro é proporcional à altura.

Contrair cancro: os riscos são proporcionais à altura

Segundo o jornal The Guardian, um novo estudo publicado no Proceedings of The Royal Society B tentou determinar quais as razões para isto acontecer. Será que ocorre algo estranho a nível celular nas pessoas mais altas que faz aumentar o risco de cancro? Será que existe algum problema com os genes que estão presentes nas pessoas com mais altura?

O porquê desta maior incidência de cancro

Os dados apontam indicam que só há um culpado. As pessoas altas têm mais massa e, portanto, mais tecido que pode vir a ter problemas.

O grande número de células é o fator determinante

O estudo, que analisou as diferentes taxas de cancro entre homens e mulheres de diferentes alturas, concluiu que o grande número de células parece ser o fator determinante da probabilidade de um indivíduo acabar por ter cancro.

Esta equipa fez uma série de descobertas interessantes, incluindo a forte ligação entre o risco de altura e o melanoma, que pode estar ligado a uma hormona de crescimento que aumenta a divisão celular. Ainda assim, as taxas gerais de cancro que aumentam em cerca de 10% a cada 10cm de altura podem ser explicadas simplesmente pelo aumento do número de células no corpo do indivíduo.

É importante salientar que as diferenças nas taxas de cancro entre homens e mulheres revelam que existem outros fatores em jogo para além da altura, especialmente no caso de doenças como o cancro do colo do útero. No entanto, os 23 tipos de cancro estudados nesta investigação concordam no número de células como principal factor.

Ainda assim, ser alto não significa que está condenado a ter cancro. O que acha deste novo estudo?

Acerca deste assunto pode ler também:

Será que os telemóveis causam cancro?

O cancro e as medicinas alternativas

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.