Pesquisa da Google acabou para um conhecido browser!

A pesquisa da Google é utilizada por milhões de pessoas em todo o mundo. De facto, várias pessoas não a dispensam por nada nos mais variados browsers. Agora chegou a altura de dizer adeus a um e não é o primeiro serviço a fazer isto. Foi em Agosto que a Microsoft fez uma alteração nos requisitos necessários e os milhares de pessoas que ainda utilizavam o Internet Explorer 11 deixaram de aceder. Agora a pesquisa da Google também diz adeus a este conhecido browser.

Pesquisa da Google acabou para um conhecido browser!

O Internet Explorer 11 chegou em 2013 como parte do Windows 8.1, isto antes de ser portado para o Windows 7. Embora na altura não se soubesse, foi o último Internet Explorer já que acabou substituído pelo Microsoft Edge no Windows 10 em 2015.

Pesquisa da Google browser

Até a Microsoft ter lançado uma nova versão do Edge baseada no motor Chromium, o Edge não estava disponível para versões anteriores do sistema operativo da Microsoft. Era por esse motivo que o IE 11 continuava a ter uma taxa de utilização muito elevada porque era o browser principal no Windows 7, 8 e 8.1.

Continuava e até continua a ter. Neste momento ainda há várias pessoas a utilizá-lo. Mas foi necessário fazer as contas como revelou a Google num tweet e pesar os custos e os benefícios de manter a pesquisa para todos.

Ou seja seria caro e complicado manter o suporte para o Internet Explorer 11. Assim ele acabou. Mas isto não significa que as pessoas vão deixar de fazer pesquisas. Nada disso. A questão é que vão ter uma experiência muito mais básica. Quase como se estivéssemos numa versão antiga da Google.

internet explorer

Assim quem estiver nessa experiência tem mesmo de mudar de browser para poder tirar partido de tudo o que a Google tem para oferecer.

A Microsoft já tinha feito o mesmo

A maioria dos utilizadores não dispensa o Office. Isto é perfeitamente normal. Afinal é o melhor pacote de produtividade sobretudo devido ao Word, Excel, Powerpoint e claro o Outlook. No entanto, muitas pessoas que utilizam o Office 365 estão transtornadas. É que a Microsoft fez uma alteração nos requisitos necessários e os milhares de pessoas deixaram de conseguir aceder. Isto não seria problema se a taxa de utilização do Internet Explorer 11 não fosse ainda tão alta. Sobretudo entre classes etárias mais elevadas. A questão é que há várias pessoas que continuam fiéis ao IE11 e não querem mesmo mudar. No entanto, têm mesmo de o fazer para não ser o fim do Office.

Siga a Leak no Google Notícias e não perca todas as informações mais importantes.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Especiais

Subscreva a Newsletter Leak

Não perca nenhuma informação importante! Subscreva a newsletter Leak e receba todas as notícias, destaques e outras informações importantes no seu e-mail.

Artigos relacionados