Perigo no Google Maps: faça já isto se não quer partilhar demais!

As aplicações existem para nos facilitar a vida e de facto conseguem-no na maioria das vezes. No entanto, sem querer, também podemos partilhar demais e nos tempos que correm isto pode representar um verdadeiro perigo. E desta vez não estou a falar das redes sociais como o Facebook, o Instagram ou o TikTok. Refiro-me ao próprio Google Maps. Muitas vezes preocupamo-nos com aquilo que partilhamos nas redes sociais em geral mas não nos lembramos que o Google Maps, à sua maneira, também é uma rede social. Assim vamos dizer-lhe como acabar já com o perigo no Google Maps.

Perigo no Google Maps: faça já isto se não quer partilhar demais!

O Google Maps é a aplicação em que milhares de pessoas confiam para chegar ao destino. Isto quer seja a pé, de transportes ou no seu próprio veículo. No entanto é nela que também partilha muita coisa. De facto, diz a várias pessoas por onde anda, o que comentou entre muitas outras coisas. Se tiver uma pessoa que o segue até sem dar nas vistas nas redes sociais ou até no Google Maps vai ficar a saber muito sobre si.

É por esse motivo que tem mesmo de ativar uma função muito importante no Google Maps, mas a boa notícia é que assim que o fizer fica mais seguro.

Assim que abre o Google Maps carregue na sua foto de perfil. Aí escolha definições.

Depois há uma opção muito importante onde tem de carregar. Falo em concreto de Conteúdo Pessoal.

É aí que pode definir vários elementos que interferem diretamente não só com aquilo que partilha mas também com o que aparece no mapa.

Antes de qualquer outra coisa a opção que tem de alterar, caso o pretenda fazer, é Perfil Restrito. Se ativar vai ficar mais seguro. Isto porque como se pode ler vai ter de aprovar novos seguidores antes de poderem ver as críticas, fotos e o restante conteúdo que publica. Ou seja, estará realmente muito mais seguro.

Mas esta secção também é importante por outras questões. É aqui que pode eliminar todo o histórico de localização permamente ou até tudo o que aconteceu num determinado intervalo de tempo. Pode também desativar o histórico de atualizações. Isto caso não pretenda que fiquem registados os locais por onde andou.

Entretanto clique aqui para seguir a Leak no Google Notícias e ficar a par de todas as informações mais importantes. Pode também subscrever aqui a nossa Newsletter e receber as notícias no seu e-mail.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Especiais

Subscreva a Newsletter Leak

Não perca nenhuma informação importante! Subscreva a newsletter Leak e receba todas as notícias, destaques e outras informações importantes no seu e-mail.