Galaxy S11

Galaxy S11!? – O Galaxy Note 10 está a caminho e deverá ser revelado no Galaxy Unpacked Event, em menos de um mês. E o mesmo poderá acontecer com a versão renovada do muito esperado Galaxy Fold, com anúncio previsto para o mesmo evento, dia 7 de agosto.

No entanto, alguns leaks estão a posicionar o Galaxy S11 como o anúncio mais surpreendente dos próximos tempos! Afinal de contas, depois das recentes críticas em relação à falta de originalidade e de inovação…

Parece que a resposta poderá chegar já com o novo Samsung Galaxy S11!

Afinal de contas, o próximo aparelho da gama ‘S’, está a ser projetado como um dispositivo equipado com ecrã expansível.

Pelo menos, é o que consta de um registo de design patenteado pelo fabricante coreano. Na verdade, são vários os registos de patentes que a Samsung regista anualmente para proteger futuros designs de smartphones. E, por vezes, os projetos são tão futuristas que uma introdução no mercado pode levar anos ou nunca acontecer.

Ou seja, este registo do Galaxy S11 poderá nunca ver a luz do dia enquanto produto comercial. Mas o que mostra parece ser uma versão com um ecrã de dimensões generosas para um dispositivo que cabe no bolso.

Galaxy S11

Segundo o LetsGoDigital, o registo não inclui uma descrição detalhada sobre a forma de o ecrã deste smartphone ser ampliado. “As imagens mostram que o ecrã do Galaxy S11 é ampliado à direita é ampliada.” E a moldura ao redor do ecrã também se desloca parcialmente.

Continua a descrição a referir que a câmara traseira foi movida para o canto superior direito do S11. Apesar disso, a patente não deixa claro quantas lentes a câmara são usadas. As imagens geradas pelo site baseiam-se numa configuração semelhante à que a Samsung aplica nos seus modelos topo de gama.

Resta esperar pelos próximos eventos globais promovidos pela Samsung, para perceber se este S11 tem terreno para vingar. Para já, conte com os Galaxy Note 10+ e Galaxy Note 10e, 7 agosto, no Barclays Center em Brooklyn.


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião, nos comentários em baixo.

Pedro Freire
Aos 12 anos já devorava a versão portuguesa da Popular Mechanics e, a partir daí, os gadgets e a tecnologia passaram a fazer parte da sua vida. Foi fundador de vários projetos jornalísticos e continua a aliar o trabalho em comunicação com essa mesma tecnologia. Ah, e ainda sente saudades das noitadas a jogar Videopac!