Panasonic apresenta um novo televisor OLED 4K PRO HDR na CES de Las Vegas


Por em

A Panasonic apresentou hoje a primeira TV OLED 4K PRO compatível com HDR do mundo que também é capaz de processar imagens de qualidade profissional. O novo televisor da Panasonic EZ1000 destaca-se pelo grande potencial do contraste e cor da mais recente tecnologia de ecrã OLED, resultando em imagens de uma precisão sem precedentes e beleza espetacular. Além disso, para a máxima qualidade de áudio, incorpora altifalantes dinâmicos que foram calibrados pelos engenheiros da prestigiada marca Technics.

O Painel

O painel OLED HDR Master localizado no coração da televisão EZ1000 melhora face ao seu antecessor OLED CZ950, muito aclamado pelos media, em dois aspetos principais. Em primeiro lugar, consegue emitir cerca de duas vezes o brilho de um OLED convencional. Em segundo lugar, pode reproduzir quase todo o espaço de cor DCI, sendo um aval importante na hora de proporcionar imagens autênticas de High Dynamic Range (HDR). Este ponto é um avanço considerável sobre o anterior CZ950.

Undo a estes dois grandes avanços, o painel da EZ1000 incorpora o filtro Absolute Black que absorve a luz ambiente e reflexos, garantindo que a parte da imagem que deve ser preta, seja realmente visualizada desta cor mostrando um pretos verdadeiros e puro. Além disso, consegue com que desapareça a cor magenta que costuma afetar outras televisões OLED em salas iluminadas.

O Processador

As imagens da EZ1000 são reproduzidas pelo mais poderoso processador de imagem que a Panasonic já criou até agora num televisor de consumo: o Studio Color HCX2.

Graças às tecnologias utilizadas pelos monitores da Panasonic na divisão profissional para gravação de filmes, tais como 3D LUT (Look Up Table), a EZ1000 consegue reproduzir cores com a maior precisão na história da televisão em todo o mundo.

O processador HCX2 também aborda um dos maiores desafios no mundo da televisão: o detalhe perdido em áreas quase pretas da imagem. Uma das maiores forças do OLED é a sua capacidade de criar uma cor preta rica e profunda. No entanto, para reproduzir estas cores pretas, os pixéis OLED desligam-se e voltam a acender-se o que requer um “salto” longo em termos da tecnologia física da TV. A Panasonic usou a sua vasta experiência em TVs de plasma para compensar esta característica da tecnologia do painel OLED, conseguindo reproduzir detalhes sem precedentes mesmo em cenas escuras.

Calibrado por Hollywood

Com a intenção de continuar a colaboração com o renomeado colorista de Hollywood Mike Sowa, foi lhe confiada a calibração da EZ1000. A Panasonic também colocou toda a sabedoria aprendida ao longo de décadas de trabalho com os profissionais de Hollywood Lab para calibrar o novo processador HCX2 que está incluído na TV. Assim, o EZ1000 reproduz imagens que representam a visão real dos seus criadores.

Com base na longa herança de Panasonic em Hollywood, a EZ1000 ainda tem uma série de características semiprofissionais. Por exemplo, a nova TV permite que os utilizadores profissionais façam o upload da sua própria cor na 3D LUT (Look Up Table) via USB ou cartão de memória SD. A TV OLED também permite que você aplique as configurações de calibração Imaging Science Foundation (ISF) e é compatível com o sistema de calibração Portrait Displays CalMAN. Todas estas características são uma prova do nível realmente único da EZ1000 no que à precisão de imagens diz respeito.

HDR sem precedentes

O range de luz extra e os espectros de cor prolongados associados com imagens HDR revolucionaram a qualidade de imagem do televisor e a EZ1000 está preparada para aproveitar ao máximo este novo e excitante formato.

Prova de futuro

Além de suportar o padrão HDR10 (PQ), a EZ1000 é compatível com o novo formato Hybrid Log Gamma HDR, necessário para que o televisor seja compatível com a difusão de conteúdos HDR de emissoras de TV em que se espera que se lancem em de 2017.

Sistema de som concebido por Technics

Com a EZ1000, a Panasonic não se tem centrado somente na obtenção de imagens impressionantes. Com a intenção de dotar a televisão OLED com o melhor som, desenvolveu-se um sistema de áudio composto por altifalantes dinâmicos com um design elegante, mas que alberga não menos do que 14 unidades acústicas (oito woofers quatro Squawkers e dois tweeters, além de um radiador passivo para aumentar os baixos).

Nova Geração de Smart TV

A EZ1000 incorpora o sistema My Home Screen 2.0, concebido para proporcionar uma experiência simples e intuitiva para que o usuário possa aceder facilmente a conteúdos da ampla variedade dos mesmos disponíveis na TV.

Com o Firefox OS, a TV pode criar pastas de favoritos personalizadas para vários usuários. O botão My App no ​​comando pode ser personalizado para acesso rápido aos conteúdos favoritos. Finalmente, inclui também uma renovada aplicação de reprodutor multimédia que suporta 4K HDR10 e conteúdo Hybrid  Log Gamma.

A TV suporta a tecnologia IP> TV que converte os canais de TV em dados através da rede wifi doméstica e permite a sua reprodução em outros equipamentos através de streaming.

A EZ1000 consegue reproduzir conteúdo 4K HDR de Netflix, Amazon e YouTube. A 65EZ1000 pode também ser integrada em sistemas para casas inteligentes com base tanto no Protocolo SDDP de Control4 como em Creston.

Leia também

Ou veja mais notícias de outros

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.
Anterior

Sony apresentou na CES nova Barra de Som Compacta

Acer anuncia Aspire V, VX e GX para entretenimento e performance

Seguinte