Os novos processadores Intel Core ‘K’ vão ser uns comilões de energia!


Por em

Numa notícia que não deverá impressionar ninguém… Parece que a Intel vais apostar em processadores com o TDP de 125W para as gamas mais altas da nova família Core 10000 ‘Comet Lake-S’!


Nota -> TDP (Thermal Design Power) significa a quantidade de energia que o sistema de refrigeração de um processador precisa de dissipar para garantir o seu bom funcionamento.


Ou seja, para conseguir competir com a AMD nas gamas mais altas, onde podemos agora encontrar os super populares Ryzen 9 3900X e 3950X, a fabricante vai mesmo ter de ultrapassar o seu limite anteriormente estabelecido!

Afinal de contas, o topo de gama Intel Core 9900K tem um TDP de 95W. (O 9900KS, que é no fundo uma versão super OC do mesmo CPU, já chegou ao mercado com um TDP de 127W)

Os novos Intel Core ‘K’ vão gastar mais energia! Mas será que chega?

Portanto, é preciso ter em conta que os novos Intel 10900K vão chegar ao mercado com 10 núcleos e 20 threads, com a mesma exata arquitetura que podemos encontrar nos atuais Core i9-9900K e 9900KS, e mesmo processo de fabrico de 14nm. Por isso, é normal que o TDP tenha de aumentar… Afinal de contas, é impossível melhorar muito mais o ‘velhinho’ e estagnado processo de produção da Intel.



No entanto, o que é realmente estranho, é que todos os processadores ‘K’ da próxima geração Intel Core irão contar com este mesmo exato TDP de 125W (i5-10600K, i7-10700K, i9-10900K). Especialmente quando temos processadores de 10 núcleos ‘non-K’ com o tradicional TDP de 95W, o mesmo do atual 9900K.

Dito isto, no documento ‘leaked’ é possível ler que estes processadores ‘K’ podem ser configurados para 95W. Contudo, é provável que exista um preço a pagar nesta mudança, nomeadamente nas frequências de relógio.

Conclusão

Intel

É fácil de perceber que a Intel está com algumas dificuldades em rivalizar com a AMD… Aliás, até podemos dizer que a fabricante está a apostar numa faca, enquanto a AMD tem na sua mão uma pistola chamada de Ryzen 3000.

O futuro parece negro para a Intel. Especialmente quando a AMD já prepara uns novos processadores baseados na arquitetura Zen 3, que deverão trazer ainda mais pesadelos para as noites mal dormidas da gigante Azul.


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Fonte

Leia também

Ou veja mais notícias de Featured, Hardware

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.
Anterior

AMD Ryzen 4000 vão oferecer um aumento de performance de 17%

Smartphones Android: quanto custa reparar o ecrã de um dobrável?

Seguinte