GPU NVIDIA

Já muito foi dito acerca das tecnologias de sincronização de frames das rivais NVIDIA e AMD, estamos claro a falar do G-Sync e do FreeSync, que no fundo têm exatamente o mesmo objetivo, mas são implementados de formas bem diferentes. Especialmente para a carteira do consumidor, que chora assim que vê a tecnologia NVIDIA G-Sync em cima da mesa.



No entanto, caso não saiba, esta guerra começou a dar sinais de estar prestes a terminar, quando a NVIDIA decidiu suportar a tecnologia VESA VRR (Variable Refresh Rate) nas suas placas gráficas GeForce, de forma a conseguir oferecer a sua solução nos monitores com suporte ao FreeSync da AMD. Algo que chocou meio mundo, mas que em boa verdade foi uma excelente decisão da lidar do mercado de placas gráficas, que ao fim ao cabo retirou um dos ‘selling points’ às placas gráficas da rival.



Pois bem, isto não foi o suficiente… A NVIDIA está prestes a dar mais um passo em frente para a abertura e disseminação da sua tecnologia G-Sync. Afinal de contas, a fabricante vai começar a suportar placas gráficas AMD nos monitores equipados com o módulo proprietário G-Sync.

Em suma, os monitores NVIDIA G-Sync vão começar a suportar hardware AMD!

Claro que isto apenas irá ter impacto nos novos monitores, contudo, é possível que uma atualização de firmware seja lançada para muitos dos monitores G-Sync by NVIDIA. Mas que infelizmente que não irá acontecer com todos. É algo que ainda está pouco claro… Ainda assim, tendo tudo em conta, é um grande passo em frente para a tecnologia de sincronização de frames.

Agora resta esperar para saber qual é o preço dos novos monitores G-Sync com o tão afamado módulo proprietário da NVIDIA. É que normalmente, estes produtos chegam a um mercado a um preço proibitivo… E claro, é muito provavelmente devido a isto que a NIVIDA começou a abrir um pouco as portas da tecnologia.


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Fonte

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.