OLX já tem mais de 41.000 livros escolares à venda

O OLX tem neste momento mais de 41.000 referências na sua categoria de “Livros Escolares”, incluindo manuais escolares de todos os anos letivos, dicionários, livros de apoio ao estudo, entre outros: https://olx.pt/lazer/livros-revistas/livros-escolares/

Só no último mês (maio para junho), o OLX verificou um aumento de 58% de anúncios na categoria de Livros Escolares e prevê, tal como o ano passado, atingir os 50.000 anúncios entre julho e agosto.

O ‘regresso às aulas’ é a altura em que as famílias incorrem em custos dispendiosos, sendo que os livros escolares ocupam, geralmente, a maior ‘fatia’. No ano passado, em agosto a categoria de livros escolares registou mais de 56 mil anúncios, gerando perto de 40 mil contactos entre compradores e vendedores.

Para Rita Marques, General Manager do OLX, “os portugueses sentem cada vez mais uma necessidade de poupar nesta altura do ano, pois é um custo bastante significativo no orçamento familiar. A compra e venda de livros usados na internet pode representar uma poupança significativa na fatura do regresso às aulas. Por outro lado, é uma oportunidade para reaver uma parte significativa do investimento feito no ano letivo. Especialmente quando os livros estão em bom estado”.

Lisboa é o distrito com mais anúncios na categoria de Livros Escolares (38%), seguida do Porto (24%), Setúbal (10%), Aveiro (8%), Braga (5%), Coimbra (4%), Leiria (3%) e Faro (2%).

Para além de manuais escolares, estão também disponíveis no OLX todos os produtos necessários para começar um novo ano escolar, desde mochilas, calculadoras, portáteis, tablets, impressoras, estojos, canetas, cadernos, entre outros.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Subscreva a newsletter Leak e tenha acesso diário aos principais destaques, ofertas e descontos nos parceiros Leak. Clique aqui

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

Patricia Fonseca
Viciada em tecnologia, entrou para a equipa em 2012 e é responsável pela Leak Business, função que acumula com a de editora da Leak. Não dispensa o telemóvel nem o iPod e não consegue ficar sem experimentar nenhum dispositivo tecnológico.

Leia também