Obi Worldphone MV1: como seria um smartphone ex-apple?


Por em

Ao longo dos anos, muitas mentes passaram pela Apple com variados graus de sucesso. John Sculley foi uma delas, liderando a Apple ao longo de dez anos que viram os lucros da empresa crescerem 10x. Em 2014, o ex-Pepsi Co fundou a Worldphone e o agora lançado Obi Worldphone MV1 é o seu terceiro produto.

A marca desde sempre se focou nos mercados emergentes, muito longe do que é o mercado actual da empresa que Sculley deixou em 1993. Por $128, directamente do fabricante, o Obi Worldphone MV1 oferece-nos uma performance modesta, graças a um Snapdragon 212 com 2GB de RAM, um processador todavia algo datado. Em termos de armazenamento, são 16GB expansível, o que não está mau.

O ecrã são 5 polegadas HD, e a bateria apresenta 2500mAh. Mais do que suficiente para este tipo de hardware. No lado das câmaras, a combinação de 8MP e 2MP é expectável neste segmento, e pelo menos temos flash e autofoco.

mv1-style-meets-strength-mobileOs dois grandes destaques do Obi Worldphone MV1 vão para o software e para o design. Este último é, no mínimo, interessante, com uma cápsula sobre a qual o ecrã se ergue ligeiramente. Nada de especial aqui, mas o MV1 apresenta ainda um design absolutamente simétrico, com topo rectilíneo e base de cantos arredondados. É efectivamente uma evolução do desenho do SF1 de 2015.

Interessante, e certamente diferente, mas quanto à avaliação estética, ainda não nos decidimos.

Já quanto ao software, o Obi Worldphone MV1 utiliza o Cyanogen OS 12.1.1, baseado no Android Lollipop.

Será que a reconhecida mestria de Sculley para o marketing consegue flutuar este dispositivo?

Leia também

Ou veja mais notícias de outros

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.