O que é a Peoople.app? Uma nova rede social? Ou um esquema?

Nas últimas semanas, tenho recebido convites de vários amigos do Facebook e Instagram para me juntar a esta coisa nova, uma rede social chamada de Peoople (Link) (sim, é assim que se escreve), porque pelos vistos é possível ganha dinheiro. No entanto, como a minha mãe sempre me disse que ninguém dá nada a ninguém… Fui investigar.

Pois bem, parece que a Peoople é mesmo real e fidedigna, tendo surgido em 2017. Aliás, parece ser um caso sério de sucesso um pouco por todo o mundo, visto que em 2020 já tem 2 milhões de utilizadores registados, tendo chegado a Portugal muito recentemente. E claro está, os Portugueses parecem ter aderido em força! Mas porquê?

O que é a Peoople.app? Uma nova rede social? Ou um esquema?

Peoople

Portanto, a Peoople.app é basicamente uma rede social de recomendações, tendo sido criada em 2017 por David Pena (CEO) e Gonzalo Recrio (Gestor de Produto). Ok, mas o que é uma rede social de recomendações?

Muito resumidamente, esta rede social serve para que possamos ficar a saber tudo e mais alguma coisa sobre restaurantes, livros, filmes, séries, e até produtos tecnológicos. Basicamente, a ideia é recomendamos produtos a quem estiver interessado, como um influenciador famoso.

Contudo, o que é realmente interessante no meio disto tudo, é que a Peoople paga por estas recomendações. Ou seja, é possível ganhar dinheiro nesta ‘rede’. (É provavelmente por isto que os Portugueses começaram a aderir em massa)

Mas como é que isto funciona?

A base da Peoople, é apenas e só a recomendação de ‘coisas’, sendo tão fácil recomendar como é publicar uma foto no Instagram ou Facebook. Basta carregar em adicionar e a partir daí podemos escolher o tipo de produto, jogos, restaurantes, locais de interesse, hotéis, etc… Posteriormente podemos por um comentário, uma foto, etc…

Basicamente, a ideia aqui é aproveitar a nossa vida tão movimentada, para recomendar produtos ou locais do nosso interesse. Imagine, foi de férias no início do ano para um Hotel no Algarve, pode criar uma recomendação sobre esse hotel, com fotos da piscina, do SPA, ou até do pequeno-almoço.

Ok, mas como é que se ganha dinheiro na Peoople?

Peoople

Como disse em cima, apesar de ser verdade que a rede social paga pelas nossas recomendações, ninguém dá nada a ninguém.

Assim, para ganhar dinheiro a sério, é necessário subir de escalão dentro da rede social, visto que todos começamos como ‘Rookie’ e depois passamos para Influencer, Unicorn ou Star (o mais alto, que segundo a Peoople, apenas 0,1% irá conseguir alcançar).

Dito tudo isto, a aplicação explica tudo isto logo de início, dizendo também que apenas poderá começar a receber pagamentos quando conseguirem um total de 10€. (Transferência Bancária)

Em suma, à medida que os nossos seguidores forem seguindo as nossas recomendações (comprar, ouvir uma música, fazer download, etc), dando likes, guardando as sugestões, etc… É assim que vamos enchendo nossa carteira virtual. Na prática, podemos ser pagos por praticamente tudo (a partir do nível Influencer) desde que tudo isso seja real. (Nada de contas falsas, o sistema consegue apanhar estes esquemas).

Contudo, a Peoople não revela quanto paga por cada interação entre utilizadores, o que é um bocado estranho, mas acaba por fazer sentido. Visto que o segredo é muitas vezes a alma do negócio. Mas tudo isto levanta uma questão… Como é que a rede social ganha dinheiro, se a sua base passa por pagar aos utilizadores?

É aqui que está a beleza de tudo isto, o objetivo da Peoople é ser paga por marcas para que estas surjam na aplicação, sendo essa a sua fonte de receitas. E aparentemente, a coisa está a resultar, visto que está a crescer de uma maneira impressionante um pouco por todo o mundo.


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir. Obrigado!

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

Leia também

Deixe um comentário