O Galaxy Watch 4 vai ser o smartwatch bandeira para o SO Android

Já não é novidade para ninguém que a Samsung quer mudar a sua estratégia no que aos smartwatches diz respeito. Um mercado que apesar dos esforços de várias marcas, continua a ser dominado pela velha rival Apple.

Por isso, tudo indica que a nova gama de relógios da gigante Sul Coreana vai ser bastante diferente daquilo a que estamos habituados. Afinal de contas, além de um regresso ao Wear OS (Sistema Operativo da Google para smartwatches), em vez do Tizen OS da própria Samsung, a fabricante também quer mudar o design e melhorar significativamente as especificações técnicas.

Em suma, o objetivo é apenas um, lançar no mercado um rival real ao Apple Watch!



A Samsung quer um Galaxy Watch 4 capaz de meter o Apple Watch 7 no bolso

o Galaxy Watch 4

Portanto, de acordo com The Elec, o Galaxy Watch 4 irá contar com uma bateria de 240 mAh no modelo de 41mm e 350mAh no modelo de 45mm. Capacidades um pouco diferentes relativamente à mais recente gama Galaxy Watch 3 (247mAh e 340 mAh). Muito provavelmente porque a Samsung está a usar um fornecedor diferente.

Infelizmente ainda não fazemos ideia da bateria do modelo Galaxy Watch Active 4, mas não deverá fugir muito destes números.

Entretanto, como as capacidades são tão parecidas. É provável que a autonomia seja muito similar. Isto a não ser que os restantes componentes sejam mais poupados, ou por outro lado, mais sedentos de energia. Afinal de contas,  temos também de ter em consideração que o Wear OS é um sistema operativo pouco eficiente em termos de bateria. Contudo, com um regresso da Samsung a este palco… É expectável que a Google mude muita coisa debaixo do capô do SO.

Mas verdade seja dita, a bateria é obviamente importante. Contudo, tendo em conta a fraca autonomia do Apple Watch, este não deverá ser um ponto crítico para a Samsung. A gigante Sul Coreana quer focar-se na performance e usabilidade! Aliás, podemos até dizer que a Samsung quer que o novo Galaxy Watch seja o smartwatch de bandeira do mundo Android.

Sendo exatamente por isso que temos agora um abandono do Tizen OS, para a Samsung lançar um aparelho ligado a 100% ao ecossistema Google.


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, tive o meu primeiro PC aos 10 anos e aos 15 anos montei a minha primeira torre, desde aí nunca mais parei. Tudo o que seja tecnologia, estou na fila da frente para saber mais.

Mais deste autor

Relacionadas

Publicidadespot_img

Últimos artigos

iPhone 13 Pro Max vs Galaxy S22 Ultra: quem resiste mais?

O lançamento de novos smartphones significa novos testes. Enquanto alguns são mais calmos e limitam-se ao normal, outros são mais perigosos. Pelo menos para...

Especial – O que é uma TV Box? É uma porta aberta para o IPTV!

É muito provável que já tenha ouvido falar de aparelhos denominados de TV Box, Box Android, ou Smart Box, por essas Internets fora. Pois...

Windows 10: atenção desative agora mesmo estas opções!

É verdade que o Windows 11 está quase a chegar. No entanto ainda há muitas pessoas que estão a utilizar o Windows 10 e...

Não perca nenhuma informação de última hora!

Registe-ne na Newsletter Leak e receba diariamente todas as informações no seu email!