Ligue-se a nós

Especiais

O Futuro das Compras nasceu em Portugal para o iPad

Bruno Fonseca

Publicado a

A concorrência obriga às lojas a inovarem no campo das técnicas de venda. Se no passado a tecnologia pouca ajuda poderia dar nesta área, actualmente pode ser um factor decisor entre optarmos por fazer as nossas aquisições na loja X ou Y.

Com o boom das lojas on-line, os utilizadores passaram a ter um acesso imediato aos produtos pretendidos sem terem de sair de casa. Contudo este tipo de compras, tem (ou pelo menos tinha) um problema inerente. Como poderá o cliente saber se, por exemplo, um determinado item que adquire para a sua sala de estar ficará bem?

No caso dos acessórios e peças de vestuário sucede-se exactamente o mesmo problema. Sem cabines de experimentação, como será possível ao consumidor saber se determinados acessórios irão ficar bem ou mal?

Foi por estas e outras razões que Nuno Frade, designer multimédia de profissão, resolveu desenvolver uma aplicação para iPad, O MagicSpace, que permite experimentar / testar produtos 3D em determinados ambientes, simulando a situação real em que serão aplicados através de uma simples fotografia.

Mas o MagicSpace aspira a muito mais do que simplesmente facilitar as compras on-line, já que a sua utilização em lojas físicas será igualmente interessante, sendo que os profissionais podem, numa situação de venda ou apresentação de produto, mostrar aos seus clientes como ficaria um determinado artigo nas suas casas (mobiliário, por exemplo), no seu carro, no seu corpo (tomando como exemplo  acessórios de moda). Além de ser uma ferramenta que facilmente impressiona o cliente, dá-lhe a noção real de como ficaria com aquela jóia, aqueles óculos de sol, de como ficaria aquele sofá na sua sala etc. As opções são quase intermináveis, e os conteúdos para as galerias poderão ser aqueles que as empresas/profissionais desejarem.

Para compreendermos melhor esta aplicação a Leak esteve à conversa com o seu criador Nuno Frade que nos explicou não só no que consiste o MagicSpace, mas também sobre possíveis utilizações práticas.

Bruno Fonseca – Em que consiste a aplicação MagicSpace?

Nuno FradeO MagicSpace é uma aplicação para iPad que permite testar peças em 3D em ambientes que queremos personalizar. Como o podemos fazer? Com o equipamento tiramos uma fotografia a uma sala, a um quarto ou mesmo a partes do nosso corpo. De seguida basta aceder a uma biblioteca com as peças em 3D e vamos posicionar, rodar ou ampliar até que chegue à integração perfeita. (Como se trata de peças em 3D teremos toda a liberdade de movimentos.) Podemos tomar como exemplo uma sala, escolhemos um sofá, uma armchair ou mesmo uma mesa e um candeeiro e vamos fazendo conjugações de várias decorações possíveis até estar tudo com o nosso toque pessoal. Quando chegar a altura de comprar as peças de que tanto gostamos, já não resta grande espaço para duvidas de como aquela peça irá funcionar na sala.

Referi como exemplo a mobília, mas facilmente podemos aplicar este conceito a acessórios de moda como anéis, colares, relógios, sapatos, óculos,  etc… até mesmo tatuagens. Tudo isto podemos fazer em casa, sem estar preocupado com horários das lojas ou mesmo se estamos a maçar / incomodar os empregados com tanta indecisão que por vezes surge.

Esta ferramenta também foi criada para ser uma ferramenta de trabalho. Imagine que é proprietário de mobiliário de luxo para a hotelaria. Quando está na presença de um cliente, poderá impressiona-lo na hora e em tempo real e mostrar como aquele aparador ali encaixa na perfeição. (Tira a foto, escolhe a peça de mobiliário e posiciona-a, para terminar o processo envia a imagem por e-mail ao seu cliente, tudo isto em poucos minutos). Nestes casos específicos, cada cliente MagicSpace acede às suas peças através de um login nos settings da aplicação que lhe irá permitir o acesso a todas as suas peças.

Agora imagine que grandes marcas como “boca do lobo” ou “swatch” ou “prada” etc…  pretendem disponibilizar as suas peças especificas aos seus clientes, para testar no conforto da casa de cada um. A 3Ddim está preparada para fazer o rebranding, incluindo toda os procedimentos que esta operação implica. 

B.F. – Que motivos o levaram a desenvolver esta aplicação?

N.F.Estudos de marketing revelam que cerca de 80% dos negócios são feitos por empatia, no tocar da sensibilidade e emoções entre vendedor / cliente. (nesta altura do campeonato penso que o factor preço terá um forte peso, mas…) Num dos modelos de negócio que expliquei anteriormente, o facto de um vendedor ter a possibilidade de mostrar ao seu cliente ou futuro cliente, como a sua peça ali fica e em tempo real, sem ter que esperar 2 ou 3 dias nem recorrer a mão de obra especializada para o efeito, está de certa forma a impressiona-lo, deste modo a distancia  para a empatia e o interesse pelos produtos em causa, será curta. Esta foi certamente a principal razão de ser deste projecto. É claro que o factor distintivo e colmatar uma falha que até então, existia no mercado também contribuíram.

B.F. – Quais os pontos fortes da aplicação de uma forma mais sintetizada?

N.F. – Experimentar antes de comprar “Try it before to buy it”

– Fazer em tempo real

– Não necessita de mão de obra especializada.

– O facto de poder fazer sozinho/a

– Repetir o processo vezes sem conta

B.F. – Quanto tempo investiu, aproximadamente, para desenvolver esta aplicação?

N.F.Tempo exacto, muito dificilmente conseguirei precisar, mas posso adiantar que desde que a ideia surgiu até ao lançamento na Apple Store foi sensivelmente ano e meio. Boa parte deste intervalo de tempo foi a refinar a ideia, estudar modo de funcionamento, estudar o modelo de negocio e estudar a viabilidade da aplicação. O desenvolvimento da aplicação em si terá sido sensivelmente sete meses, mais até que o inicialmente previsto, pois surgiram muitos problemas técnicos, como racionalizar a memória do equipamento ou mesmo o “antialiasing” das peças.

B.F. – Está neste momento a desenvolver outras aplicações?

N.F.De momento ainda não está a ser desenvolvida mais nenhuma aplicação, embora já tenha em mente mais uma aplicação e alguns / muitos melhoramentos para o MagicSpace.

Pode encontrar mais informações em http://magicspace.3ddim.com/

Outras notícias de hoje:

Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Comentários
PUB Banner ESET

Últimas Notícias

Android2 horas atrás

O Super Galaxy S10 afinal não funciona com películas?

Se está a pensar comprar o Galaxy S10 então prepare-se para ter muito cuidado. É que caso caia ao chão,...

Android7 horas atrás

Xiaomi Mi 9: Há três renderizações fresquinhas na internet

Os próximos tempos vão ser interessantes para a Xiaomi. Vamos ter novidades no 5G e também um smartphone que tem...

Jogos7 horas atrás

AMD sugere lançamento da PlayStation 5 e ‘nova’ Xbox para 2020

A AMD é o fornecedor dos processadores tanto da PS4 como da Xbox One! E como deve saber, é uma...

Especiais8 horas atrás

87GB de dados pessoais caíram na Internet. Veja se está em risco!

Hoje a segurança de muitos utilizadores ficou em perigo. É que apareceu na Internet uma das maiores coleções de credenciais...

Hardware8 horas atrás

Sabia que a NVIDIA tem uma placa de 60€ equivalente à GTX 1060?

Sabia que a NVIDIA tem uma placa de 60€ equivalente à GTX 1060? – Provavelmente ainda se lembra da altura...

Android10 horas atrás

Huawei acusa governo Norte Americano de opressão!

Huawei acusa governo Norte Americano de opressão! – Já há muito tempo que a Huawei anda ‘embrulhada’ com os Estados...

Android11 horas atrás

LG está pronta a impressionar ao lançar o LG G8 com um ecrã destacável!

A LG já é bem conhecida, por trazer designs inovadores e características únicas nos seus smartphones! Algo que nem sempre...

Jogos13 horas atrás

Parece que a Blizzard está em fase de recruta para o Diablo 4

Numa publicação muito recente, a Activision Blizzard parece estar a recrutar pessoal para um projeto ainda desconhecido, ligado à série...