Número de smartphones Android infetados está a aumentar


Por em

Quando falamos em vírus e noutras ameaças informáticas normalmente lembramo-nos sempre dos computadores, especialmente depois dos recentes ataques de ransomware, como o WannaCry. No entanto os smartphones Android são cada vez mais um dos alvos preferenciais dos vírus, como assinala, o novo relatório da Nokia.

Ainda assim, este fabricante elogia os esforços da Google com o Google Play Protect e refere que as proteções desta loja estão muito mais eficazes, comparativamente há dois anos. No entanto, as lojas de aplicações de terceiros não possuem fortes medidas de proteção e como tal são um vetor comum de infeção.

As maiores ameaças residem nas aplicações populares que são modificadas com a inclusão de código malicioso. São de facto aplicações verdadeiras, mas com “brinde”, o que poderá causar danos aos equipamentos dos utilizadores.

Segundo a Nokia, o adware Uapush é a aplicação maliciosa mais popular, seguida do Janson Ransomware e em terceiro lugar pelo troiano bancário Marcher. A taxa média de infecção foi de 0,68%.

Importa salientar que a Nokia obtém estas informações através do NetGuard, um produto de segurança utilizado pelos operadores de rede móvel.

Já o iOS também está a ser atacado, especialmente por aplicações de espionagem. No entanto, como não existem praticamente lojas de terceiros, as infecções são muito menos comuns.

Leia também

Ou veja mais notícias de outros

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.
Anterior

Gionee M7 Plus aparece na AnTuTu e no GFXBench

Xiaomi Redmi Note 5 não é oficial mas já apareceu na loja JD.com

Seguinte