Novos pensos (curativos) poderão fechar uma ferida em apenas 3 dias!

Provavelmente, se tiver a mesma falta de jeito que eu tenho, já se cortou várias vezes ao longo da vida… Seja a fazer desporto, numa queda acidental, ou até a cortar o pão para fazer aquela clássica tosta da meia noite!

Não interessa a causa do corte, o que interessa, é que como já sabe, uma ferida demora sempre algum tempo até ficar completamente curada. Por vezes várias semanas, ou até meses, consoante o seu tamanho.

Um problema, que vários investigadores Norte Americanos e Chineses estão a tentar resolver na Universidade do Wisconsin.

De acordo com uma publicação da Universidade, os investigadores conseguiram desenvolver um tipo completamente novo de penso, que tem o potencial de “aumentar dramaticamente o processo de cura de uma ferida”.

Para ter uma ideia, durante os testes preliminares, foi descoberto que o tempo de cura passou para apenas três dias! O que é significativamente mais baixo que a média de 2 semanas, para uma ferida ‘normal’.

pensos

Como é que este penso funciona?

Pois bem, esta nova tecnologia embebida no penso, emite pulsos de baixa energia, que basicamente ativam as células da pele conhecidas como ‘firoblasts’, encorajando que estas se unam para formar novos tecidos.

Curiosamente, parece que não existe qualquer efeito secundários! Muito pelo contrário!

Além disto, segundo o professor Xudong Wang, parece que o fabrico destes pensos não irá ser caro:

“Não me parece que o custo de produção seja muito maior do que um penso (curativo) convencional.”

Apenas o tempo irá confirmar esta afirmação do professor da Universidade do Wisconsin… Mas a verdade, é que esta tecnologia parece mesmo ser muito interessante, e algo revolucionário.

Contudo, irá necessitar de ser testado numa escala extraordinariamente alta, antes que possa chegar ao mercado de consumo.


O que pensa sobre esta nova tecnologia? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo!

Fonte