Já já algum tempo que se esperava que a Huawei anunciasse ao mundo um novo processador para os smartphones de gama média. Depois do Kirin 659 ter dado vida a tantos equipamentos no ano passado, eis que agora chegou o novo chipset Kirin 710.

O Kirin 710 é o primeiro chipset de 12 nm da Huawei. O tamanho menor significa que deve haver uma melhora significativa no consumo de energia e no desempenho quando comparado com o Kirin 659 de 16nm.

Em termos de desempenho, a velocidade de um único núcleo do Kirin 710 é 75% maior do que o do Kirin 659, enquanto que para o desempenho de vários núcleos, ele oferece um aumento de 68%.

O chipset é constituído por quatro núcleos Cortex-A73 com velocidades de relógio de 2,2 GHz e quatro núcleos Cortex-A53 com velocidades de 1,7 GHz. A placa gráfica é uma ARM Mali G5 que é 1,3 vezes melhor que a do Kirin 659 e 1x mais eficiente em termos energéticos.

No novo chipset destaca-se também o suporte para LTE Cat. 12 e Cat. 13 e dual-SIM dual-4G VoLTE.

Para além das especificações técnicas e dos pormenores que já referimos, importa salientar que este processador melhora o funcionamento das câmaras em condições de pouca luz. Destaca-se também o suporte para reconhecimento de cenas e reconhecimento facial.

De momento não foram revelados mais pormenores.

Fonte