Inicio Windows Nova versão do Edge chega através dos updates do Windows

Nova versão do Edge chega através dos updates do Windows

Depois de uma longa fase de testes em que o novo browser Microsoft Edge só podia ser descarregado manualmente, segue-se agora a distribuição automática através dos updates do Windows. O novo browser baseado no Chromium vai substituir o antigo browser baseado no UWP. No entanto, nem todos terão acesso deste modo.

Nova versão do Edge chega através dos updates do Windows

O novo browser será lançado para todas as versões do Windows 10 a partir da versão 1803. Como acontece numa atualização cumulativa, os utilizadores não necessitam de fazer nada, a atualização ocorre automaticamente. O novo browser substitui assim o antigo Edge. Os atalhos na área de trabalho e no menu Iniciar serão substituídos pelo novo Edge. Portanto, como utilizador, não necessita de fazer nada.

Como é habitual na Microsoft, é uma implementação gradual. Ou seja, nem todos os utilizadores vão receber imediatamente o novo browser. Na realidade, vai levar algumas semanas até que o antigo Edge desapareça completamente. Claro que a qualquer altura pode descarregá-lo através do site da Microsoft.

EDGE updates do Windows

O novo Microsoft Edge é baseado no Chromium e garante um excelente desempenho e muitas das funções que já eram conhecidas. Outras vão chegar mais tarde. A integração do design Fluent também está na lista dos programadores. De facto, este novo browser já convence e ganha de uma crescente popularidade.

A disponibilização automática deve aumentar ainda mais a base de utilizadores.

A propósito do browser da Microsoft, a Netmarketshare, uma empresa de estudos de mercado, publicou estatísticas sobre a prevalência de vários browsers e sistemas operativos no mundo relativos a maio de 2020. Se em abril a participação do Windows 10 diminuiu de 57,34% para 56%, em maio começou a crescer, atingindo 57,83%.

Já no campo dos browsers a Google continua a dominar . O Chrome já tem 69,81%, um novo recorde após os 69,18% de abril. O Edge aumentou ligeiramente de 7,76% para 7,86%, mas a participação do Firefox em terceiro lugar caiu de 7,25% para 7,23%.

Apesar da queda do Firefox, existem muitos utilizadores que devem rumar a este browser em breve. Uma revelação feita pelos engenheiros da Google onde afirmam que o código “inseguro” no Chrome é responsável por 70% das suas vulnerabilidades de segurança e por 125 dos 130 erros “críticos” encontrados no ano passado. Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Quer receber notificações gratuitas no seu smartphone ou computador sempre que lançamos um novo artigo? Clique aqui.

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Leia também

TicWatch Pro 3: este é o smartwatch que todos vão querer!

No mês passado vimos uma primeira listagem a confirmar a existência do TicWatch Pro 3. Agora surgiu outra, mais completa, até porque revela praticamente...

Está confirmado, podem esquecer jogos PS1, PS2 e PS3 na PS5!

Ainda tinha esperança na retrocompatibilidade total na nova PlayStation 5? Pois bem... Pode esquecer! O CEO da Sony Interactive Entertainment (Jim Ryan) voltou a...

Os jogos da PS5 são mais caros na Europa! Porquê?

A Sony fez recentemente o grande Showcase da PS5, um evento muito esperado pelos jogadores, que verdade seja dita, já começavam a desesperar por...

Viu o filme “o paramédico” na Netflix? Há um segredo! (Spoiler)

"O paramédico" estreou muito recentemente na Netflix, mas devido à sua história algo forte e a tudo o que vai passando ao longo do...

Football Manager 2020 e Watch Dogs 2 grátis? Onde e quando?

A Epic Games tem-nos proporcionado durante os últimos tempos uma série de jogos grátis verdadeiramente brutais. Afinal de contas, costuma-se dizer que tudo o...