Nokia 6: Vale a pena comprarem este smartphone?

70432
0
Share:

O Nokia 6 fez correr muita tinta desde que foi anunciado, especialmente porque esta marca continua a ter muito impacto no mercado. Aliás, se tivermos em consideração o MWC, o stand da Nokia era um dos mais visitados da feira. A principal razão para esta importância é maioritariamente a nostalgia. É que são muitas as lembranças das nossas aventuras com um Nokia como fiel companheiro.

Nokia 6

Esta marca está de volta, no entanto esta não é a mesma Nokia que conhecíamos. Como se recordam a Nokia vendeu a sua divisão de dispositivos móveis e dispositivos à Microsoft em 2013 com o objetivo de saírem de uma situação financeira complexa. Um ano mais tarde, a Microsoft Mobile tornou-se assim a sucessora da divisão de dispositivos móveis da Nokia. Posto isto, levou apenas dois anos até que a Microsoft Mobile vendesse esta área de negócio à HMD Global, que foi fundada pelo antigo executo da Nokia Jean-Francois Baril.

Deste modo, a Nokia entrou num negócio de licenciamento com a HMD que fez com que este se tornasse no fabricante exclusivo de smartphones e tablets Nokia fora do Japão. Este acordo permitiu ainda o acesso exclusivo por parte da HMD a algumas patentes e aplicações.

Para além do Nokia 3310 que já nos chegou às mãos e que é um dos primeiros dispositivos da “nova” Nokia a chegarem ao mercado, o Nokia 6 é outro dos equipamentos muito aguardados. Será que este equipamento tem os requisitos necessários para conseguir competir com outros smartphones?

Vamos olhar para as caraterísticas:

  • Operador: Livre
  • Dual SIM: Sim
  • Tipo de SIM: Nano SIM
  • Rede: 4G LTE
  • Sistema Operativo: Android 7.1.1 (Nougat)
  • Chipset: Qualcomm MSM8937 Snapdragon 430
  • Processador: Octa-core 1.4 GHz Cortex-A53
  • GPU: Adreno 505
  • Armazenamento: 32GB (espaço utilizável será inferior) – expansível via microSD (usando um dos slots SIM)
  • Memória RAM: 3GB
  • Ecrã:
    • Tipo: IPS LCD, 16 Milhões de Cores
    • Tamanho: 1080 x 1920 pixels 5.5 polegadas (~403 ppi)
    • Protecção: Corning Gorilla Glass 3
  • Câmaras:
    • Câmara frontal de 8 MP, f/2.0, 1.12 µm pixel size, 1080p
    • Câmara traseira de 16 MP, f/2.0, phase detection autofocus, dual-LED (dual tone) flash
    • Vídeo: 1080p@30fps
  • Dados:
    • Wi-Fi: Sim
    • Bluetooth: Bluetooth 4.1
    • USB: microUSB 2.0, USB On-The-Go
  • Áudio:
    • Dual speakers
    • Amplificador inteligente (TFA9891) com Dolby Atmos®
  • Sensores: Impressão digital (frontal), acelerômetro, giroscópio, proximidade, bússola
  • GPS: Sim, com suporte A-GPS, GLONASS
  • Bateria: Não removível Li-Ion 3000 mAh
  • Dimensões: 154 x 75.8 x 7.9 mm
  • Peso: 169 g

Nokia 6

Nokia 6: Design

O design é um aspecto interessante deste equipamento uma vez que olhando para o Nokia 6 não temos de imediato a percepção de estarmos a lidar com um equipamento com preço simpático. Para isso contribuem o aspecto sólido do alumínio, o vídeo e a moldura em metal.

Nokia 6: Software

O software é sem dúvida um ponto positivo neste equipamento. A Nokia e a HMD poderiam ter carregado o Nokia com aplicações desnecessárias para o tornarem mais atrativo, mas ao invés disso optaram por uma versão limpa do Android 7.1.1 Nougat com a promessa de irem lançar atualizações com muita frequência. Ou seja, o facto de irmos ter acesso a uma versão limpa é sem dúvida uma enorme mais valia.

Nokia 6: O desempenho

Ao olharmos para as caraterísticas ficamos a perceber que o Nokia 6 não vai desiludir. No entanto importa salientar que pode ficar um bocadinho preso devido ao processador Snapdragon 430. Mesmo nas atividades do dia-a-dia, como nabegar pela internet ou na utilização da câmara, podemos sentir alguns atrasos no arranco. Quando à placa gráfica Adreno 505 não irão sentir grandes problemas. Ou seja, não estamos perante um equipamento de topo, mas é o suficiente para o dia-a-dia.

Nokia 6: Porta USB Tipo-C

Seria muito interessante que a Nokia tivesse incluído uma porta USB Tipo-C no Nokia 6. É certo que muitos equipamentos ainda as continuam a utilizar e até flagships que ainda estão na moda como o Samsung S7. No entanto e considerando que este equipamento só agora vai chegar ao mercado, não seria mal pensada a inclusão de um porta USB Tipo-C.

 

Nokia 6: Sensor de impressões digitais e NFC

Estes dois elementos estão presentes no Nokia 6 e representam sem dúvida boas notícias para quem o quiser adquirir. Logo à partida significa compatibilidade com o Android Pay, ou seja, o sistema de pagamentos desenvolvido pela Google. Depois são sem dúvida um fator de segurança importante para qualquer equipamento.

Conclusão

Se olharmos para o preço indicativo do Nokia 6, cerca de 269 euros (embora já o tenhamos visto mais barato online) e considerarmos as caraterísticas, facilmente concluímos que é uma escolha acertada. Na realidade, tem um ecrã de dimensões generosas, uma câmara de 16 megapixéis e um desempenho que não é de topo mas não desilude. Comparativamente a outros equipamentos existentes no mercado, dentro da mesma gama de preço, este não perde e como tal será uma opção que devem mesmo ter em conta.

Entretanto saibam que este equipamento teve um grande sucesso ao nível de vendas na China e agora que chegou a solo americano já lidera a lista dos mais vendidos na Amazon.

Aqui estão algumas notícias do Nokia 6 que vos podem interessar:

Os novos equipamentos Nokia vão receber o Android O

O Nokia 6 foi torturado. Eis o vídeo!


Share:
Bruno Fonseca

Leave a reply