Nissan vai fechar em Janeiro para poupar dinheiro! A culpa é dos elétricos


Por em

O investimento elétrico ganhou mais um ‘vítima’… agora é a Nissan que está a ressentir as consequências. Esta fabricante automóvel informou agora que terá de fechar durante 2 dias em Janeiro para conseguir poupar dinheiro para o resto do ano.

Funcionários ganham dias de ‘férias’ mas perdem salário ao fim do mês!

Afinal de contas, nestes dias, os trabalhadores não vão receber qualquer remuneração. Tudo aponta, que isto deverá acontecer nos dias 2 e 3 de Janeiro de 2020.

Nissan

A Nissan já foi questionada sobre a razão desta decisão

Pois bem, a fabricante afirma que esta estratégia é necessária para optimizar o negócio ao máximo, especialmente a competitividade da mesma na América do Norte. No entanto, apesar das fábricas encerrarem, os concessionários da empresa vão estar a funcionar a 100%.

Ainda assim, o impacto monetário poderá atingir cerca de 14.500 funcionários da empresa empregados nos Estados Unidos da America. Mas porquê fechar? 2 ou 3 dias resolvem assim tanto?

Muito resumidamente, o objetivo da empresa é angariar fundos monetários para o investimento elétrico em 2020. Contudo, apesar de facilmente atingir os milhões de Euros, é muito difícil de ter a noção de quanto será poupado no total e quais as consequências da decisão.

carro elétrico sem bateria

Carros elétricos são a fonte principal deste problema! A Nissan é apenas mais um exemplo

A empresa afirma que todo o investimento necessário para o desenvolvimento dos veículos elétricos está a ter um custo enorme aos cofres da Nissan. Em suma, tudo isto está a afetar imenso as receitas da empresa… Caso não saibam, a própria  Nissan afirma que está a anos de conseguir lucrar com este novo mercado.

Em boa verdade, esta é muito provavelmente a melhor estratégia das fabricantes automóveis. Afinal de contas, muitas outras fabricantes recorreram a cortes mais sérios como a Mercedes que vai demitir cerca de 10.000 funcionários ou a Audi que vai ficar pelos 9.500. Preferem ficar em casa 2 dias, ou ficar sem emprego?



Dito tudo isto, será que um corte de 2 dias é o suficiente? Ou a empresa terá de recorrer aos despedimentos como as rivais?

Em princípio, a Nissan não terá que recorrer aos cortes de pessoal. Afinal de contas, a velha fabricantes ainda está a investir imenso nos veículos híbridos como o seu novo Nissan Qashqai. O que poderá manter essa decisão longe dos planos imediatos. (As rivais estão a despedir, para abandonar gradualmente os veículos a combustão)

Entretanto, saiba que tudo isto acontece também devido às vendas da Nissan que em 2019 estão muito abaixo do esperado.

Ademais, o que pensa sobre isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Fonte 

 

Leia também

Ou veja mais notícias de Auto, Featured

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.
Anterior

Tem uma Smart TV em sua casa? Cuidado com a sua privacidade!

Vêm aí os super smartphones com câmeras de 200 megapixéis!

Seguinte