Inicio outros Netflix prepara filme sobre "Panama Papers"

Netflix prepara filme sobre “Panama Papers”

A história de milhares de contas bancárias secretas, uma longa lista de ricos e poderosos e uma acumulação desmesurada de riqueza à vista de todos mas fora do alcance governamental, tomou o mundo de surpresa no início deste ano, quando os jornalistas de investigação Frederik Obermaier e Bastian Obermayer revelaram a história e lideraram a equipa que revelou “The Panama Papers”.

Agora a Netflix e a John Wells Productions (Burnt, August Osage County, Love and Mercy) juntam-se para contar a verdadeira história por trás de “The Panama Papers” e os dois jornalistas que, trabalhando com uma fonte anónima conhecida como John Doe, revelaram um enorme conjunto de mentiras, desvios e tráfico de informações, um caso sem precedentes, que revelou como os mais ricos esconderam milhares de milhões dólares em paraísos fiscais através de um pequeno escritório de advocacia conhecido no Panamá. Este trabalho, divulgado em colaboração com Consórcio Internacional de Jornalistas de Investigação (ICIJ), despoletou uma tempestade internacional, desencadeando a demissão de chefes de estado, investigações judiciais em dezenas de países e um debate mundial sobre a facilidade dos mais ricos em realizarem evasão fiscal, ludibriarem o sistema e escaparem à justiça.

A Netflix adquiriu os direitos exclusivos de Panama Papers: Breaking the Story of How the World’s Rich and Powerful Hide Their Money, um livro recentemente publicado da autoria de Obermaier e Obermayer e vão trabalhar como os produtores Wells e Claire Rudnick Polstein e o produtor executivo Zach Studin de John Wells Productions para dar vida a esta história dramática através de um filme. Marina Walker, vice diretora do ICIJ, e Gerard Ryle que dirige a sede do ICIJ em Washington D.C, que supervisionaram mais de 400 jornalistas de 76 países por causa do caso Panama Papers, também colabora neste filme.

“Estamos confiantes que com o trabalho de investigação dos jornalistas Obermaier e Obermayer, os únicos com contacto directo com John Doe, a ICIJ e a perícia de contar grandes histórias da John Wells Productions, conseguiremos apresentar uma produção capaz de causar um impacto tão forte como quando os Panama Papers foram revelados nas primeiras páginas dos jornais de todo o mundo”, afirma Ted Sarandos, diretor de conteúdos da Netflix.

Por seu lado Claire Rudnick Polstein, presidente John Wells Productions, comenta: “Não poderíamos estar mais satisfeitos a trabalhar neste projecto com a Netflix. A plataforma tem um excelente trabalho na produção de filmes de alta qualidade e temos muita vontade de trabalhar em conjunto numa das intrigas mais apaixonantes dos últimos tempos.”

“Tudo começou com uma mensagem de John Doe. Esse contacto e o trabalho que se seguiu revelou uma das maiores histórias de ocultação de sempre e sem dúvida a maior colaboração entre jornalistas. O mundo nunca tinha visto nada assim, mais de 400 jornalistas participaram nas investigações. Estamos muito orgulhosos por o nosso jornal ter sido o ponto de partida desta história que se revelou algo monumental”; comentaram Frederik Obermaier e Bastian Obermayer.

“Os Panama Papers é uma das maiores histórias politica e económicas do jornalismo contemporâneo, com impacto mundial numa altura de enorme incerteza financeira. Estamos muito satisfeitos por trabalharmos com duas das principais empresas da atualidade da produção cinematográfica, a John Wells Productions e Netflix, para contarmos história que se tornou real mesmo enfrentado inúmeras dificuldades. Quatrocentos repórteres, alguns dos quais a trabalhar sob enormes riscos pessoais em locais perigosos, foram coordenados por uma pequena equipa de investigação de um pequeno meio de comunicação em Washington sem fins lucrativos. Esta equipa conseguiu que os líderes mundiais – políticos e reguladores – tomassem consciência do problema e medidas para o combater. Esta história será contada de forma intrigante, emocionante e significativa para todo o mundo”, comentam Marina Walker e Gerard Ryle do ICIJ. Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Quer receber notificações gratuitas no seu smartphone ou computador sempre que lançamos um novo artigo? Clique aqui.

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

Patricia Fonseca
Viciada em tecnologia, entrou para a equipa em 2012 e é responsável pela Leak Business, função que acumula com a de editora da Leak. Não dispensa o telemóvel nem o iPod e não consegue ficar sem experimentar nenhum dispositivo tecnológico.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Leia também

Alerta Play Store: se tem uma destas 21 aplicações apague já!

Apesar de todos os cuidados que a Google tem com as aplicações que tentam entrar na Play Store, é praticamente impossível garantir que a...

A primeira promoção de Halloween da Epic Games Store começou!

A primeira promoção de Halloween da Epic Games Store começou! - Já não é novidade para ninguém que a Epic Games Store não conta...

Google Chrome: prepare-se para ter publicidade no browser!

Quando visitamos diversos sites é normal tropeçarmos em publicidade. No entanto, agora pode aparecer fora dos sites, propriamente ditos. Assim, podemos começar a receber...

Já pode instalar as apps Google nos smartphones Huawei! Veja

Não é surpresa que os dispositivos da Huawei e Honor lançados no ano passado não incluem os Google Mobile Services. É exemplo disso, o...

O Galaxy Z Fold 3 vem com S-Pen e um vidro mais ‘grosso’!

Como já disse na Leak.pt, o recente Galaxy Z Fold 2 é tudo aquilo que o Fold deveria ter sido no ano passado, ao...