Netflix: afinal o limite à partilha de contas vai mesmo avançar!

Recentemente falou-se muito dos bloqueios à partilha de contas na Netflix. Depois deixou-se de falar e muitas pessoas começaram a pensar que a questão estava ultrapassada. Mas infelizmente não está. O limite á partilha de contas na Netflix vai mesmo avançar. No entanto, esta plataforma está à procura de formas menos agressivas de o fazer como refere a revista Variety.

Netflix: afinal o limite à partilha de contas vai mesmo avançar!

O co-CEO da Netflix e co-fundador Reed Hastings revelou aos investidores que estão à procura de novas formas de limitar o acesso às contas. No entanto, esta decisão tem de ser levada com muita calma. Assim, quaisquer planos de acabar com a violação dos termos e serviços da plataforma têm de ser muito bem pensados. Tem de ser algo que pareça natural para os utilizadores e sobretudo que eles compreendam.

Apesar de ser contra as condições da plataforma, é certo e sabido que muitas pessoas partilham as contas. E não só com familiares. Até com amigos. Juntam-se algumas pessoas e partilham a conta e os custos.

Netflix limite contas

Um dos métodos que está a ser testado passa por um sistema de verificação onde os utilizadores têm de confirmar as suas informações recorrentemente por email ou mensagem de texto. Claro que podemos sempre ligar para alguém para nos dar estes dados. Mas começa a ser chato e pode dissuadir muitas pessoas.

Esta questão voltou a ganhar força esta semana. Sabe porquê?

O ano passado, quando o COVID-19 chegou em força, obrigou a maioria das pessoas a estarem fechadas em casa. Isto fez com que as plataformas de streaming recebessem milhentos subscritores. Agora o crescimento de novos subscritores na Netflix e outras plataformas segue o caminho inverso e como tal diminuiu.

Netflix crescimento diminuiu

O jornal The Guardian revela que o boom que a Netflix sentiu no ano passado diminuiu consideravelmente nos primeiros meses de 2021.

Depois de estimar que o primeiro trimestre traria cerca de 6 milhões de novos subscritores, a Netflix conseguiu na prática 4 milhões de novos subscritores. Este número é consideravelmente inferior aos 8 milhões de subscritores que se inscreveram nos últimos meses de 2020. Além disso, a Netflix espera somar apenas 1 milhão de subscritores neste trimestre, dando à gigante do streaming o crescimento mais lento de sempre.

Stranger Things

Para além da questão do confinamento, o COVID-19 fez com que existissem menos produções. A nova temporada de Stranger Things não chegou. E outras também não. Apesar disso ainda ficámos a conhecer excelentes séries. Aliás há uma considerada a melhor de 2021. Pode saber qual aqui.

A Netflix insiste que esta diminuição no número de subscritores não está relacionada com a Disney+ nem com o Amazon Prime.

Assim para ganhar mais algum dinheiro faz sentido que a Netflix comece a levar a sério a questão de impor limites na partilha de contas.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Mais deste autor

Relacionadas

Publicidadespot_img

Últimos artigos

Bomba! Sex Education na Netflix nunca mais será a mesma!

Apesar do imenso sucesso que os vários projetos fazem na Netflix. A verdade é que com o passar dos anos, e sucessivo lançamento de...

Diga o que disser vai chorar com este documentário da Netflix!

Existem filmes e filmes na Netflix! Sendo que uns nos apresentam histórias de ação brutais, comédias de começar a rir e não parar e...

Huawei tem uma grande surpresa preparada para Outubro!

Tudo corria de feição para a Huawei, mas o problema com os Estados Unidos deu cabo da vida a este fabricante. De facto, de...

Não perca nenhuma informação de última hora!

Registe-ne na Newsletter Leak e receba diariamente todas as informações no seu email!