Netflix: está disposto a pagar quase metade mas a ter anúncios?

Numa altura em que o dinheiro não abunda devido à pandemia, todas as formas de poupar são bem-vindas. Seja onde for! Ora poupar parece ser a próxima tendência nas plataformas de streaming. Assim a moda vai ser lançada pela HBO Max e a Netflix deve seguir-se nesta questão do pagar menos. A ideia é simples. Podemos optar por uma mensalidade mais baixa, mas levamos com publicidade.

Netflix: está disposto a pagar quase metade mas a ter anúncios?

Vamos olhar para o caso da HBO Max. A WarnerMedia já tinha abordado esta questão e anunciado um lançamento para junho. Agora eis que ele se vai concretizar.

https://www.denofgeek.com/movies/hbo-max-release-schedule-warner-bros-movies/

Ora o HBO Max com publicidade vai estar disponível por 9.99 Euros quando for lançada em Junho. Será uma boa opção para aqueles que têm mais dificuldade em pagar os 14.99 Euros por uma subscrição normal.

Ainda assim 9.99 Euros não é barato. De facto, é mais caro do que alguns serviços de streaming concorrentes. No entanto, a HBO Max justifica este preço com o facto de existirem poucos anúncios. A empresa de streaming diz que é a carga de publicidade mais leve da indústria.

O que posso perder ou ganhar com um serviço com publicidade?

Bem, ganhar é óbvio. Ficamos com uma subscrição mais barata. Quanto ao perder, se olharmos para o exemplo da HBO perdemos essencialmente duas coisas. Passamos a ter publicidade e podemos não ter acesso a alguns conteúdos que estão disponíveis apenas para quem tem o serviço sem publicidade.

No caso da HBO Max o filme Wonder Woman 1984 não vai estar disponível para quem tem o serviço suportado por publicidade. O mesmo deverá acontecer com outros filmes.

netflix pagar

A experiência de visualização nos serviços de streaming

Estamos habituados a lidar com publicidade a toda a hora quando vemos praticamente todos os canais de televisão e é algo que suportamos sem problemas. No entanto a introdução nos serviços de streaming pode ser mais complicada. A ideia é ver tudo sem interrupções e sem termos de andar a passar para a frente para saltarmos os anúncios. De facto, é a experiência mais clean possível. Valerá a pena deixarmos de ter por uma diferença de 4 ou 5 Euros?

Entretanto resta agora esperarmos para ver a posição da Netflix sobre isto.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Mais deste autor

Relacionadas

Publicidadespot_img

Últimos artigos

Processador ‘limitado’? Sim! Mas o iPad mini 6 impressiona!

Muito provavelmente devido à crise de produção atual, a Apple foi obrigada a utilizar diferentes versões do SoC A15 Bionic, nas suas diferentes gamas...

Microsoft confirmou. TPM 2.0 é obrigatório! Até nas máquinas virtuais

O Windows 11 está mesmo prestes a chegar ao mercado, visto que a sua data de lançamento já foi antecipada do 11.11 para o...

AMD vai ter placas muito mais rápidas (mas mais caras) em 2022!

Esta não é a primeira vez que vemos alguns rumores a falar acerca da nova geração de placas gráficas AMD Radeon, mas uma coisa...

Não perca nenhuma informação de última hora!

Registe-ne na Newsletter Leak e receba diariamente todas as informações no seu email!