Netflix: há mudanças a caminho e não são boas notícias!

Neste momento a Netflix é sem dúvida a plataforma por excelência. É verdade que alguns estudos de mercado recentes apontam para uma grande aproximação de outras plataformas. No entanto, na maioria dos casos, esses serviços de streaming alternativos só estão a ser mais falados uma vez que são normalmente oferecidos pelos operadores. Seja como for nem tudo são rosas na terra do N vermelho. É que depois de um grande disparo ao nível de subscritores durante a pandemia a Netflix está a enfrentar um problema de crescimento. Isto infelizmente traduz-se em mudanças na Netflix e como é normal podem ser más notícias para muitos utilizadores!

Netflix: há mudanças a caminho e não são boas notícias!

As coisas estão a mudar num cenário que ainda não é de pós-pandemia mas é mais um misto entre liberdade e um bicho papão que continua à solta e que tem de ser levado muito a sério. No entanto, o COVID-19 já não consegue manter as pessoas totalmente fechadas em casa. Assim, o que acontece é que os subscritores não estão a aumentar como antes. E isto é uma questão mundial. De facto, nos Estados Unidos e Canadá a Netflix está a assistir a uma perda considerável de subscritores. Na Europa, Médio Oriente e África o ritmo de crescimento abrandou muito. Ao nível da China e outros países da Ásia o número de subscritores aumentou, mas aqui é um caso especial. É que esses clientes geram menos lucro e a Netflix tem margens bastante mais baixas.

É verdade que a nível mundial a Netflix continua a ser a grande empresa de streaming. No entanto, pela primeira vez, vê a Disney+ a aproximar-se. É que a empresa do Rato Mickey e dos Avengers já contava com 103.6 milhões de subscritores no final do segundo trimestre. Ora a Netflix acabou o primeiro trimestre com 207.64 milhões de subscritores e desde aí não tem crescido assim tanto. Para além disso as coisas vão continuar a desacelerar para a Netflix.

Netflix publicidade, Disney+ publicidade

O analista Michael Nathanson da empresa MoffettNathanson Research diz que a Netflix vai ter um crescimento anual de 14% entre 2022 e 2025. As estimativas inicias eram de 23%. É verdade que tudo isto são números mas dá-nos uma ideia geral do que se está a passar.

Ou seja, com o panorama a mudar a Netflix tem de mudar algo.

As coisas vão mudar e a Netflix tem três caminhos

A Netflix tem, de facto, três caminhos. Ou junta publicidade à plataforma, ou introduz algo em que já apostou noutros países e troca qualidade por quantidade ou aumenta os preços. Já vos vou dizer qual das decisões deverá ser tomada na Europa de acordo com os rumores que circulam pela Internet mas antes é importante percebermos os três caminhos.

Publicidade

Até agora a Netflix quis a publicidade bem longe. No entanto, a concorrência está a ganhar muito dinheiro e com uma quebra de novos assinantes a Netflix pode não estar a receber tanto como deveria. Ora para um analista isto vai fazer com que a Netflix mude de ideias e lance publicidade na plataforma. Isto é algo que ninguém quer.

Netflix mudanças

No entanto, é provável que a Netflix a adote até em tempo recorde. É verdade que muitos não irão gostar, mas não quer dizer que seja necessariamente mau para a Netflix. De certeza que por um lado há pessoas que não se importam de pagar menos e terem pub. Por outro, há pessoas que estão dispostas a pagarem mais para não serem incomodadas com anúncios.

Quantidade em troca de qualidade

Em alguns países a Netflix quis trocar a quantidade pela qualidade e até pelo lucro. Assim e como aconteceu na Índia desde 2019 lançou um plano exclusivamente mobile. Dito isto é muito mais barato. No entanto e como o próprio nome indica o plano só pode ser usado nos dispositivos móveis.

Sabe quantos Óscares a Netflix já ganhou desde sempre?

Os preços são 50 a 60% mais baixos como refere a empresa S&P Global comparativamente ao plano básico e isto levou muitas pessoas a adirem. Ou seja, o preço final ronda os 3 Euros e pouco. No entanto, são muitos subscritores mas a pagar muito menos. Isto tem impacto na qualidade de serviço da plataforma e para além disso a Netflix recebe bastante menos.

Aumento de preços: uma das mudanças mais prováveis na Netflix

Isto pode parecer a hipótese menos provável, mas será mesmo? Ora se uma plataforma está a perder utilizadores vai aumentar os preços? Sim porque é este aumento de preços que fará a plataforma ganhar mais dinheiro para poder continuar a investir na produção de novos conteúdos. Ao mesmo tempo vai deixar os investidores satisfeitos.

De facto, esta é a hipótese mais provável e aquela com que os analistas concordam. Sobretudo porque a Netflix tem margem de manobra para o fazer. E eventualmente não precisa de aumentar muito os preços. Se aumentar um euro a cada cliente já faz dinheiro o suficiente para aumentar largamente o lucro. Mas será o aumento de apenas um Euro? Na maioria dos casos sim, mas não em todos.

Netflix mudanças

O plano básico poderá começar a custar 9,99 Euros. Entretanto é provável que a Netflix aumente um pouco a qualidade. No entanto, continua o limite de um utilizador. Já o plano padrão poderá passar para os 12 Euros, mantendo as mesmas características. Quando ao plano Premium, muito rumores referem que não será mexido ao nível de preço. Outros falam nos 15 Euros.

Seja como for na lista das mudanças da Netflix e como já deve ter percebido a novidade que parece ganhar mais força é sem dúvida o aumento de preços. No entanto, uma coisa é certa. Alguma das que foram referidas acima há de ser.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Mais deste autor

Relacionadas

Publicidadespot_img

Últimos artigos

Windows 11 Build 22000.194 (KB5005635) já está disponível!

O Windows 11 Build 22000.194 (KB5005635) está disponível para todos os que estão inscritos no programa Windows Insider. Não é o maior update do...

Memória RAM DDR5 vai desiludir no início do seu ciclo de vida

Como deve saber, a memória RAM DDR5 está prestes a chegar ao mercado! De mãos dadas com a nova família de processadores Intel Core...

Sir Clive Sinclair: morreu o grande pai do ZX Spectrum!

Hoje é um dia triste, especialmente para quem é fã do Spectrum ou teve a sorte de conviver com este computador fantástico. É que...

Não perca nenhuma informação de última hora!

Registe-ne na Newsletter Leak e receba diariamente todas as informações no seu email!