NASA descobre meteorito no fundo do oceano

Há quatro dias os cientistas da Administração Nacional Oceânica e Atmosférica uniram-se à NASA na esperança de encontrar os restos de um meteorito que caiu no oceano em março. A NASA tinha uma boa ideia acerca de onde a rocha espacial impactou o oceano, mas encontrar qualquer detrito não é uma tarefa nada fácil. Agora parece que a expedição valeu a pena.

A equipa passou sete horas a explorar o fundo do mar na área em que se acredita ter sido o ponto de impacto do meteorito. Para o efeito foram utilizados diversos veículos robóticos para analisar o solo oceânico em busca de sinais da rocha especial. Posteriormente reuniram diversos material e utilizaram imãs poderosos para apanharem o que esperavam que fossem restos do meteorito metálico.

No entanto, determinar conclusivamente se uma parte do material era uma sobra de rocha espacial não é nada fácil. É que apesar dos feeds de vídeo de alta resolução do leito oceânico é impossível dizer exatamente o que qualquer uma das rochas era antes de as trazerem de volta à superfície.

Quando as amostras saíram fora da água, a tarefa complicada de as peneirar começou. Marc Fries, da NASA, examinou as várias pedras que foram reunidas e identificou pequenos pedaços de rocha que parecem ser o que procurava.

As rochas são minúsculas, mas incluem características associadas a um meteorito que sobreviveu à entrada na nossa atmosfera. A brilhante “crosta de fusão” que parece lisa na sua superfície sugere que ela suportou a incrível fricção da atmosfera da Terra antes de eventualmente mergulhar no oceano.

Se as rochas forem, de facto, extraterrestres, será uma grande conquista para a equipa de expedição e uma grande vitória para a ciência.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Subscreva a newsletter Leak e tenha acesso diário aos principais destaques, ofertas e descontos nos parceiros Leak. Clique aqui

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Leia também

pub