Não compre estes smartphones mesmo a um super-preço!

Os sistemas e as aplicações precisam de RAM para funcionar. A quantidade disponível determina quantas aplicações podem ser abertas no smartphone ao mesmo tempo e a rapidez com que vão funcionar. Se olharmos para os smartphones mais baratos, pode ser tentador levarmos para casa um que tem um ecrã interessante e que só custa cerca de 100 Euros. Mas se tiver apenas 1 ou 2GB de RAM o nosso conselho é que fuja dos smartphones Android com essa característica. É que de acordo com os padrões atuais já não é mesmo suficiente. Assim não compre estes smartphones mesmo que estejam a um super-preço. É que se vai arrepender completamente.

Não compre estes smartphones mesmo a um super-preço!

Se as características de um smartphone indicarem que a quantidade de RAM é de 2 GB, isto significa que teremos várias limitações. Os serviços de sistema ocupam constantemente parte da RAM. Só são desativados quando o smartphone está desligado. O espaço restante é utilizado para executar e manter aplicações.

android, jornalistas spyware ativistas

Quando lançadas, a aplicação ocupa uma certa parte da “RAM“. Se não for usada, liberta parte da memória, deixando apenas o suficiente para permanecer aberta. Se várias aplicações estiverem abertas, e apenas uma for utilizada, o sistema liberta dados da RAM que não são utilizados para libertar espaço para a aplicação ativa funcionar.

Neste campo os smartphones mais antigos libertam as aplicações que abrem o mais cedo possível. Os novos têm algoritmos “inteligentes” que fazem tudo de acordo com determinados padrões. A ideia é que não existam quaisquer soluços quando o utilizar regressa a uma determinada aplicação.

Google Chrome grande novidade, Dark Mode Chrome 79, pesquisar no Android, Android smartphones característica

Mas o que acontece se um smartphone só tiver 1 ou 2GB?

Na realidade muita coisa e não são boas notícias.

Uma versão light do Android

Logo à partida só temos direito a uma versão light do Android. Isto porque um sistema completo ocupava cerca de 80% da memória disponível. O problema é que nem tudo corre muito bem nesta versão light.

Android smartphones característica

Mais tempo a lançar as apps

O lançamento é a parte mais “pesada” da aplicação, que requer mais memória. Num smartphone com 1 ou 2 GB de RAM, novas aplicações serão lançadas lentamente. Isto porque o sistema irá primeiro limitar a atividade ao máximo e carregar os dados já abertos.

As aplicações carregam mais devagar

Uma vez que o sistema liberta os dados de aplicações não reutilizadas, ao mudar de uma para outra, terá de esperar até que carreguem de volta. O browser carregará o conteúdo dos separadores de cada vez, o cliente do correio os emails e o Facebook ou o Twitter novamente o feed de notícias.

Android

Mau também para jogar

Assim um smartphone com 2 GB de memória não é definitivamente para jogos. É que à partida a memória irá toda. Claro que ele até poderá funcionar mas será quase impraticável utilizar o smartphone.

Entretanto clique aqui para seguir a Leak no Google Notícias e ficar a par de todas as informações mais importantes. Pode também subscrever aqui a nossa Newsletter e receber as notícias no seu e-mail.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Especiais

Subscreva a Newsletter Leak

Não perca nenhuma informação importante! Subscreva a newsletter Leak e receba todas as notícias, destaques e outras informações importantes no seu e-mail.