NASA desenvolve um novo paraquedas e é fantástico (video)

Como deve imaginar, enviar um rover a Marte é uma tarefa muito complicada. É que para que isto ocorra com sucesso, é necessário que muitas coisas corram bem. E uma coisa que ninguém pode esquecer é o paraquedas.

Assim que o veículo espacial atinge o planeta e começa a descer em direção à superfície, travar torna-se a prioridade máxima. Isto é uma tarefa difícil quando o rover pesa mais de uma tonelada.

ASPIRE: Um dos paraquedas mais inovadores do mundo

Recentemente, a NASA testou diferentes candidatos a paraquedas, um dos quais vai acabar por dar à missão Marte 2020 uma boa aterragem na superfície marciana. Este paraquedas foi chamado de Advanced Supersonic Parachute Inflation Research Experiment (ASPIRE) e quebrou um recorde mundial.

“Marte 2020 vai levar cargas muito pesadas até a superfície de Marte, e como todas as missões anteriores, só temos um pára-quedas e tem de funcionar”, afirmou John McNamee, da JPL, num comunicado. “Os testes do ASPIRE revelam com enorme precisão como é que o paraquedas vai reagir quando chegar a Marte.

Testing a Parachute for Mars

O paraquedas suportou 30 toneladas de peso!

Durante os testes, a equipa observou quando um dos pára-quedas implantou com sucesso e diminuiu a velocidade da carga de teste. Ele foi submetido a 30 toneladas de peso. Isto é 85% mais de força do que o pára-quedas terá de suportar em Marte. Este teste acabou acabou por se traduzir num novo recorde, colocando este paraquedas a caminho do Guiness.

O teste foi um enorme sucesso e a NASA está confiante que vai contribuir para que corra tudo bem com a missão planeada para Marte. Isto vai ocorrer em julho de 2020.

O caminho para Marte

De facto, caminhamos a passos largos para uma missão a Marte que poderá ser histórica. Cada vez visitamos mais o planeta vermelho, embora nem tudo seja fácil. A humanidade ainda não está pronta para ir a Marte … pelo menos por enquanto. É exatamente por isso que as Agências espaciais e grupos de cientistas em todo o mundo estão a trabalhar arduamente para que esse dia chegue depressa. Quando isso acontecer a primeira coisa de que vamos necessitar é de uma “casa”. Nas próximas linhas mostramos o aspeto das casas em Marte.

As casas em Marte serão funcionais e muito simples

Algo é certo. No futuro, quem habitar em Marte vai necessitar de casas altamente funcionais e provavelmente muito simples. A propósito disto, a empresa de design Open Architecture criou a sua própria interpretação e revelou ao mundo o que pode ser uma casa marciana.

em Marte

A estrutura de algum modo parece-nos familiar. Por fora parece algo de ficção científica. Por dentro deve ser familiar e convidativo. Isto, pelo menos, para qualquer pessoa que goste de projetos mais minimalistas. Este projeto que foi concluído em parceria com a Xiaomi, revela um futuro onde reina a simplicidade.

Eis o que a empresa Open Architecture tem a dizer sobre isto:

Esta casa marciana combina perfeitamente tecnologia, design de produto e arquitetura. Os dispositivos domésticos que pertencem às atuais linhas de produtos da Xiaomi podem ser ligados sem fios e controlados por smartphones. Na prática, todos os produtos vão estar integrados de modo a funcionar um único sistema. A habitação vai aproveitar e reciclar o calor, os gases, a condensação, entre outros, gerados por cada módulo eletrónico diferente e utilizá-los nesse ecossistema integrado. Por outras palavras, energia, água e ar serão totalmente reciclados no sistema, minimizando o consumo dos recursos.

Reutilizar é a palavra de ordem

Isto parece fantástico. Para além disso, está de acordo com a filosofia de futuro sem desperdícios que os habitantes de Marte provavelmente tentarão cumprir. No entanto, para já, não deixa de ser um conceito.

A primeira missão para levar os humanos a Marte provavelmente não terá como objetivo criar logo habitações – esses esforços virão muito mais tarde. Ainda assim, é provável que as equipas façam o possível para criar estruturas utilizando material recolhido do próprio planeta. Mas poderão também ser utilizadas estruturas impressas em 3D construídas em tempo real, em vez de trazer peças pré-construídas de pequenas casas com elas.

Siga a Leak no Google Notícias e não perca todas as informações mais importantes.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Leia também

Atenção: esta é a conta de e-mail que tem de criar hoje!

Alguma vez se esqueceu da sua palavra-passe ou ficou bloqueado na sua conta de correio eletrónico? É uma situação muito frustrante. É por esse...

TV com um atraso de áudio? Faça isto para resolver!

Em algum momento da sua vida já deve ter tido um televisor com um atraso de áudio. Saberá que isto está a acontecer quando...

Como gerir melhor a bateria do seu automóvel elétrico

Embora possa parecer difícil a verdade é que não é assim tão complicado garantir que o seu automóvel elétrico mantém sempre uma boa autonomia...

O que acontece se não desligar o seu PC “como deve de ser”?

Já todos estivemos nesta situação em que desligar o computador é... Chato! Pelo menos nas formas mais corretas, em que tem de usar uma...

O Windows XP ainda está nestes dispositivos do dia-a-dia!

O Windows XP tem mais de duas décadas e deixou de ser suportado pela Microsoft há uma década, mas ainda há dispositivos que encontra...

Os smartphones vão ficar bem mais confusos a partir de agora!

Isto já não é novidade para alguns utilizadores, mas, a coisa vai ficar apenas pior ao longo dos próximos meses/anos. Isto à medida que...

Newsletter Leak

Receba todas as notícias e destaques diretamente no e-mail. É grátis!

Artigos relacionados