Inicio Ciência NASA desenvolve um novo paraquedas e é fantástico (video)

NASA desenvolve um novo paraquedas e é fantástico (video)

Como deve imaginar, enviar um rover a Marte é uma tarefa muito complicada. É que para que isto ocorra com sucesso, é necessário que muitas coisas corram bem. E uma coisa que ninguém pode esquecer é o paraquedas.

Assim que o veículo espacial atinge o planeta e começa a descer em direção à superfície, travar torna-se a prioridade máxima. Isto é uma tarefa difícil quando o rover pesa mais de uma tonelada.

ASPIRE: Um dos paraquedas mais inovadores do mundo

Recentemente, a NASA testou diferentes candidatos a paraquedas, um dos quais vai acabar por dar à missão Marte 2020 uma boa aterragem na superfície marciana. Este paraquedas foi chamado de Advanced Supersonic Parachute Inflation Research Experiment (ASPIRE) e quebrou um recorde mundial.

“Marte 2020 vai levar cargas muito pesadas até a superfície de Marte, e como todas as missões anteriores, só temos um pára-quedas e tem de funcionar”, afirmou John McNamee, da JPL, num comunicado. “Os testes do ASPIRE revelam com enorme precisão como é que o paraquedas vai reagir quando chegar a Marte.

O paraquedas suportou 30 toneladas de peso!

Durante os testes, a equipa observou quando um dos pára-quedas implantou com sucesso e diminuiu a velocidade da carga de teste. Ele foi submetido a 30 toneladas de peso. Isto é 85% mais de força do que o pára-quedas terá de suportar em Marte. Este teste acabou acabou por se traduzir num novo recorde, colocando este paraquedas a caminho do Guiness.

O teste foi um enorme sucesso e a NASA está confiante que vai contribuir para que corra tudo bem com a missão planeada para Marte. Isto vai ocorrer em julho de 2020.

O caminho para Marte

De facto, caminhamos a passos largos para uma missão a Marte que poderá ser histórica. Cada vez visitamos mais o planeta vermelho, embora nem tudo seja fácil. A humanidade ainda não está pronta para ir a Marte … pelo menos por enquanto. É exatamente por isso que as Agências espaciais e grupos de cientistas em todo o mundo estão a trabalhar arduamente para que esse dia chegue depressa. Quando isso acontecer a primeira coisa de que vamos necessitar é de uma “casa”. Nas próximas linhas mostramos o aspeto das casas em Marte.

As casas em Marte serão funcionais e muito simples

Algo é certo. No futuro, quem habitar em Marte vai necessitar de casas altamente funcionais e provavelmente muito simples. A propósito disto, a empresa de design Open Architecture criou a sua própria interpretação e revelou ao mundo o que pode ser uma casa marciana.

paraquedas

A estrutura de algum modo parece-nos familiar. Por fora parece algo de ficção científica. Por dentro deve ser familiar e convidativo. Isto, pelo menos, para qualquer pessoa que goste de projetos mais minimalistas. Este projeto que foi concluído em parceria com a Xiaomi, revela um futuro onde reina a simplicidade.

Eis o que a empresa Open Architecture tem a dizer sobre isto:

Esta casa marciana combina perfeitamente tecnologia, design de produto e arquitetura. Os dispositivos domésticos que pertencem às atuais linhas de produtos da Xiaomi podem ser ligados sem fios e controlados por smartphones. Na prática, todos os produtos vão estar integrados de modo a funcionar um único sistema. A habitação vai aproveitar e reciclar o calor, os gases, a condensação, entre outros, gerados por cada módulo eletrónico diferente e utilizá-los nesse ecossistema integrado. Por outras palavras, energia, água e ar serão totalmente reciclados no sistema, minimizando o consumo dos recursos.

Reutilizar é a palavra de ordem

Isto parece fantástico. Para além disso, está de acordo com a filosofia de futuro sem desperdícios que os habitantes de Marte provavelmente tentarão cumprir. No entanto, para já, não deixa de ser um conceito.

A primeira missão para levar os humanos a Marte provavelmente não terá como objetivo criar logo habitações – esses esforços virão muito mais tarde. Ainda assim, é provável que as equipas façam o possível para criar estruturas utilizando material recolhido do próprio planeta. Mas poderão também ser utilizadas estruturas impressas em 3D construídas em tempo real, em vez de trazer peças pré-construídas de pequenas casas com elas. Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Quer receber notificações gratuitas no seu smartphone ou computador sempre que lançamos um novo artigo? Clique aqui.

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Leia também

Leak: Galaxy S21 chega com a nova interface One UI 3.1

Depois de este ano ter apresentado os principais topos de gama, a Samsung já está a trabalhar na nova geração da gama S. Neste...

Play Store: apps para crianças banidas por violações! Remova já

A Google removeu três apps para crianças muito populares da Play Store depois de terem sido apontadas algumas violações. Estas recolhas de dados foram...

Hyundai Kona N 2021: um SUV não pode ser divertido?

Atualmente os entusiastas no mundo automóvel estão a optar por pequenos e grandes SUV. Algo que contraria a grande procura anterior pelos famosos e...

Redmi K30S: especificações e preço de um super-equipamento!

A Xiaomi vai apresentar um novo equipamento da gama K30 na China. O evento terá lugar amanhã. Dito isto, o novo dispositivo vai chamar-se...

Alerta Play Store: se tem uma destas 21 aplicações apague já!

Apesar de todos os cuidados que a Google tem com as aplicações que tentam entrar na Play Store, é praticamente impossível garantir que a...