MSI vai bloquear suporte aos novos Ryzen 3000 nas boards AMD 300

Numa das jogadas mais anti-consumidor de que há memória, a MSI parece querer obrigar os fãs do seu hardware, a comprar uma nova motherboard, se quiserem adquirir um novo CPU AMD Ryzen 3000.



Caso não saiba, a AMD fez uma grande aposta no socket AM4, garantindo suporte a todos os processadores Ryzen, pelo menos até 2020!

Aliás, a empresa até deixou a porta aberta, para alongar este suporte durante mais alguns anos, se isto fosse possível de alcançar.

Uma estratégia bem diferente daquilo que a Intel faz… Que obriga os seus utilizadores a trocar de motherboard quase todos os anos. (Isto apesar, de não existir grandes diferenças no hardware, entre gerações)

MSI

Em suma, as mais recentes informações, sugerem que a MSI está a bloquear o suporte aos novos processadores AMD Ryzen 3000 ‘Matisse’, baseados na arquitetura Zen 2, na sua gama de motherboards AMD 300.

- Advertisement -

Onde podemos incluir as muito capazes boards topo de gama X370, bem como os modelos B350, que também são desbloqueadas para Overclock.

Portanto, quem decidiu adquirir uma motherboard de 300€, como a MSI X370 XPower, a pensar que iria ter uma excelente base para o futuro… Está com pouca sorte!

MSI X370, Ryzen 3000 nas

Isto é no fundo, algo que vai completamente contra aquilo que a AMD quer fazer

A empresa quer ser diferente da Intel! Não quer obrigar os consumidores a mudar de sistema todos os anos. E por isso, prometeu que todas as boards AM4 iriam suportar todos os lançamentos de processadores Ryzen, até pelo menos 2020.

Tendo isto em conta, é por demais óbvio, que toda e qualquer motherboards da série AMD 300… Irá ser capaz de suportar a terceira e quarta geração de processadores Ryzen! Isto, com uma simples atualização de BIOS.

Muito curiosamente, a maioria das boards desta série, onde podemos incluir muitas da MSI, chegaram ao mercado que a funcionalidade USB BIOS Flashback. De forma a conseguir atualizar a BIOS, sem grandes problemas.

No entanto, acaba por ser aparente, que fabricantes como a MSI, não querem saber do consumidor, e que estão nisto apenas para fazer algum dinheiro.

Pelo menos, é o que um e-mail de suporte a utilizador de uma motherboard X370 XPower Titanium indica.

Afinal, aqui podemos ler que a MSI não está mesmo a planear estender o suporte à arquitetura Zen 2.

Mas as más notícias não ficam por aqui…

Um representante de uma outra fabricante, que preferiu não revelar a sua identidade. Mencionou que os processadores Zen 2, têm uma exigência de alimentação mais elevada que os atuais processadores Ryzen.

E que por isso, algumas motherboards AMD 300, não irão ser capazes de suportar a terceira geração destes CPUs.

O que em boa verdade, acaba por ser uma desculpa muito similar, àquela que a Intel deu, com o seu chipset Z170 e Z270! Afirmações que acabaram desmentidas, quando vários ‘modders’ conseguiram meter os processadores mais recentes, a funcionar nestas motherboards.



Mas talvez mais importante que tudo isto… Como é que a MSI vai explicar, que uma motherboard B450M PRO-M2 de 75€. Tem um sistema de alimentação mais apetrechado, que a X370 XPower Titanium?

Um modelo, que na altura custava cerca de 300€, e hoje em dia, ainda custa 170€ em várias lojas.


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião, nos comentários em baixo!

Fonte

Entretanto clique aqui para seguir a Leak no Google Notícias e ficar a par de todas as informações mais importantes. Pode também subscrever aqui a nossa Newsletter e receber as notícias no seu e-mail.

mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, fui sempre aquele membro da família que servia como técnico ou reparador de tudo e alguma coisa (de borla). Agora tenho acesso a tudo o que é novo e incrível neste mundo 'tech'. Valeu a pena!

Especiais

Subscreva a Newsletter Leak

Não perca nenhuma informação importante! Subscreva a newsletter Leak e receba todas as notícias, destaques e outras informações importantes no seu e-mail.