MSI vai bloquear suporte aos novos Ryzen 3000 nas boards AMD 300

Motherboard MSI X370

Numa das jogadas mais anti-consumidor de que há memória, a MSI parece querer obrigar os fãs do seu hardware, a comprar uma nova motherboard, se quiserem adquirir um novo CPU AMD Ryzen 3000.



Caso não saiba, a AMD fez uma grande aposta no socket AM4, garantindo suporte a todos os processadores Ryzen, pelo menos até 2020!

Aliás, a empresa até deixou a porta aberta, para alongar este suporte durante mais alguns anos, se isto fosse possível de alcançar.

Uma estratégia bem diferente daquilo que a Intel faz… Que obriga os seus utilizadores a trocar de motherboard quase todos os anos. (Isto apesar, de não existir grandes diferenças no hardware, entre gerações)

MSI

Em suma, as mais recentes informações, sugerem que a MSI está a bloquear o suporte aos novos processadores AMD Ryzen 3000 ‘Matisse’, baseados na arquitetura Zen 2, na sua gama de motherboards AMD 300.

Onde podemos incluir as muito capazes boards topo de gama X370, bem como os modelos B350, que também são desbloqueadas para Overclock.

Portanto, quem decidiu adquirir uma motherboard de 300€, como a MSI X370 XPower, a pensar que iria ter uma excelente base para o futuro… Está com pouca sorte!

MSI X370, Ryzen 3000 nas

Isto é no fundo, algo que vai completamente contra aquilo que a AMD quer fazer

A empresa quer ser diferente da Intel! Não quer obrigar os consumidores a mudar de sistema todos os anos. E por isso, prometeu que todas as boards AM4 iriam suportar todos os lançamentos de processadores Ryzen, até pelo menos 2020.

Tendo isto em conta, é por demais óbvio, que toda e qualquer motherboards da série AMD 300… Irá ser capaz de suportar a terceira e quarta geração de processadores Ryzen! Isto, com uma simples atualização de BIOS.

Muito curiosamente, a maioria das boards desta série, onde podemos incluir muitas da MSI, chegaram ao mercado que a funcionalidade USB BIOS Flashback. De forma a conseguir atualizar a BIOS, sem grandes problemas.

No entanto, acaba por ser aparente, que fabricantes como a MSI, não querem saber do consumidor, e que estão nisto apenas para fazer algum dinheiro.

Pelo menos, é o que um e-mail de suporte a utilizador de uma motherboard X370 XPower Titanium indica.

Afinal, aqui podemos ler que a MSI não está mesmo a planear estender o suporte à arquitetura Zen 2.

Mas as más notícias não ficam por aqui…

Um representante de uma outra fabricante, que preferiu não revelar a sua identidade. Mencionou que os processadores Zen 2, têm uma exigência de alimentação mais elevada que os atuais processadores Ryzen.

E que por isso, algumas motherboards AMD 300, não irão ser capazes de suportar a terceira geração destes CPUs.

O que em boa verdade, acaba por ser uma desculpa muito similar, àquela que a Intel deu, com o seu chipset Z170 e Z270! Afirmações que acabaram desmentidas, quando vários ‘modders’ conseguiram meter os processadores mais recentes, a funcionar nestas motherboards.



Mas talvez mais importante que tudo isto… Como é que a MSI vai explicar, que uma motherboard B450M PRO-M2 de 75€. Tem um sistema de alimentação mais apetrechado, que a X370 XPower Titanium?

Um modelo, que na altura custava cerca de 300€, e hoje em dia, ainda custa 170€ em várias lojas.


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião, nos comentários em baixo!

Fonte