Motorola prepara uma bomba e uma bombinha para o MWC 2020


Por em

O facto da LG e da ZTE não estarem presentes no MWC 2020 devido ao Coronavirus tem feito algumas pessoas duvidarem do sucesso da edição deste ano. No entanto, isto não significa que os outros fabricantes vão deixar de estar presentes. Dito isto, a Motorola continua a querer apostar no MWC e segundo parece este ano até teremos direito a um “all-in”.

Motorola prepara uma bomba e uma bombinha para o MWC 2020

Dito isto, esta empresa tem preparado um novo gama-média e também um topo de gama que nos deixa muito curiosos. Pessoalmente, gosto bastante da Motorola, mas tenho achado que nos últimos anos tem feito falta um verdadeiro topo-de-gama. Agora tudo pode mudar. É verdade que em 2018 ainda houve um equipamento alimentado pelo chipset Snapdragon 835. Falo em concreto do Moto Z3. No entanto, não se pode dizer que esse equipamento tenha propriamente contado.

o MWC 2020

Quando falo em topo-de-gama, falo de um dispositivo com um Snapdragon 865 no interior com suporte para 5G. Para além deste e como referi acima teremos também um smartphone 5G mais baratinho que aposta num processador Snapdragon 765.

Os nomes ainda não são conhecidos, mas há rumores a correrem na Internet. Assim, poderemos ter a designação Motorola One 5G 2020 para o equipamento gama-média e Motorola One 2020 para o topo-de-gama, o que seria pouco distintivo.

Para além destes nomes, conhecemos mais algumas informações acerca destes smartphones que têm os nomes de código interno “Racer” e “Burton”.

Ora eles devem apostar num ecrã curvo de 6.7 polegadas com resolução de 2340×1080 pixéis. A isto junta-se uma taxa de atualização de 90Hz. O ecrã terá um aspeto cascata, como são designados atualmente. De facto, estará perto do que a Huawei fez com o Huawei Mate 30 Pro.

O XDA-Developers afirma que será um ecrã totalmente à volta das extremidades. 

Entretanto chegaram imagens à Internet que revelam o ecrã e um pequeno furo no canto superior esquerdo que acomoda a câmara para selfies.

De resto e no que diz respeito às especificações não sabemos ao certo o que a Motorola pensou para estes dois equipamentos. No entanto, também há leaks. Diz-se que o modelo mais barato com o chipset Snapdragon 765 terá uma bateria de 4660 mAh. Já o modelo com o chipset 865 terá uma bateria de 5170 mAh.

O topo-de-gama Motorola One 2020 também deve oferecer uma capacidade de memória que varia entre os 8 e os 12GB RAM. Já o modelo mais barato deve apostar em 6GB. A isto junta-se uma capacidade de armazenamento de 128GB.

Ao nível da fotografia diz-se que o modelo mais económico terá um sensor principal de 48 megapixéis. Ou seja, semelhante ao do Motorola One Vision e One Zoom.

Para finalizar, estes dispositivos vão correr o Android 10 com algumas ferramentas proprietárias incluídas. Temos, em primeiro lugar o Moto Edge Assistant para definir acções nos cantos curvos. Depois temos o Moto Gametime para dar acesso a ferramentas que melhoram a experiência de jogo. Temos também o Moto Audio que ajusta o perfil de som.

Leia também

Ou veja mais notícias de Android, Featured

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.
Anterior

Microsoft diz que as rivais são a Google e a Amazon… Então e a PS5!?

Gmail tem uma alteração importante a partir de 20 de Fevereiro!

Seguinte