Auto: o que acontece se misturar gasolina com gasóleo?

Encher o depósito de gasolina ou gasóleo do seu carro com o combustível errado é um erro comum que qualquer automobilista pode cometer. Por mais extraordinário que possa parecer, as organizações de automobilismo dizem que a cada três ou quatro minutos, outro infeliz condutor enche o seu carro com o combustível errado. Mas o que acontece se misturar gasolina com gasóleo ou vice-versa?

Auto: o que acontece se misturar gasolina com gasóleo?

Misturar gasolina com gasóleo não é o fim do mundo, desde que se aperceba do seu erro na bomba. Se detetar o seu erro rapidamente quando estiver a abastecer o carro, é possível que saia ileso. Isto porque é comummente aceite que pode misturar até 5% de gasolina no gasóleo sem consequências desastrosas. Se não houver espaço no depósito para encher o depósito com gasóleo na proporção necessária de 95%, terá de chamar um serviço de reboque. Isto para levar o seu carro a um centro de assistência onde possam esvaziar o depósito.

incêndios nas bombas de gasolina, meter combustível, combustíveis, gasolina, gasóleo, incêndio abastecer

O que acontece quando coloca gasolina num carro a gasóleo?

Desde que não rode a chave na ignição, não há muito com que se preocupar, para além de ter de confessar o seu erro ao funcionário da oficina.

Rodar a chave é o maior erro que pode cometer, pois mesmo que não ligue o motor, o facto de acender as luzes do painel de instrumentos pode significar que a sua bomba de combustível está a funcionar. É suposto que o motor se prepare com gasóleo antes de arrancar, mas em vez disso pode estar a aspirar gasolina para os tubos de combustível. Isto significa que terá de os drenar e lavar, bem como o depósito de combustível. Se chegar ao ponto de ligar o motor, há muito mais que pode correr mal.

Gasolina no gasóleo: o pior cenário possível

Os motores a gasóleo modernos utilizam muita tecnologia para obter a força necessária e minimizar as emissões, incluindo dispendiosas bombas de combustível de alta pressão e injetores common rail com tolerâncias muito finas.

combustíves, gasolina, gasóleo, meteu combustível

Essas bombas de combustível lubrificam-se pelo próprio gasóleo, à medida que este passa. Substitua esse gasóleo por gasolina e as suas propriedades solventes significam que o efeito de lubrificação também se elimina. Uma bomba de combustível que funcione sem lubrificação começará rapidamente a criar fricção interna, à medida que as suas superfícies metálicas se vão esmagando. Começará então a desintegrar-se. Isso por sua vez cria limalhas – partículas de metal potencialmente microscópicas que podem causar ainda mais danos ao motor do seu carro mais tarde.

São os injectores de alta pressão do motor diesel que são os próximos na linha de fogo. Estes forçam a entrada de combustível nos cilindros do motor através de orifícios muito finos e com um padrão de pulverização cuidadosamente concebido. Se as limalhas chegarem ao sistema de injeção, simplesmente bloquearão alguns ou todos os orifícios.

Outros problemas de mau abastecimento podem dever-se às qualidades corrosivas da gasolina, que podem degradar os vedantes num sistema a gasóleo. No mínimo, todo o sistema terá de ser inspecionado e avaliado quanto a danos, bem como lavado com um agente de limpeza pela sua oficina.

O que acontece se colocar gasóleo num automóvel a gasolina?

Geralmente, é muito mais difícil colocar o combustível errado num carro a gasolina. Isto devido ao facto de o bocal da bomba de combustível a gasóleo ser muito maior do que o da gasolina. Mas se conseguir colocar gasóleo num carro a gasolina, felizmente é muito menos grave do que colocar gasolina num carro a gasóleo.

Devido às propriedades lubrificantes do gasóleo, o combustível irá revestir as velas de ignição. Também o sistema de combustível, o que pode muitas vezes levar a falhas de ignição, à produção de fumo e até mesmo fazer com que o motor se desligue ou não arranque de todo. Se notar o erro durante o reabastecimento ou antes de colocar a chave na ignição pela primeira vez após o abastecimento, o depósito de combustível terá de ser drenado e lavado – uma vez feito isto, pode abastecer com gasolina normalmente.

Se o gasóleo conseguir penetrar no sistema de combustível e se ligar o motor ou mesmo conduzir o automóvel, a fuligem acumular-se-á muito rapidamente nas velas de ignição. Assim os injectores de combustível ficarão obstruídos. Também o motor perderá potência.

Entretanto se isto acontecer, encoste o carro em segurança e desligue-o imediatamente. Tal como acima, o depósito de combustível será drenado e lavado. Isto com uma solução de limpeza e os tubos de combustível, as velas de ignição, o filtro de combustível e os injetores também terão de ser inspecionados. Felizmente, depois de o sistema ter sido devidamente limpo, poderá voltar a abastecer-se de gasolina e continuar a conduzir, sendo mínima a probabilidade de danos duradouros.

Siga a Leak no Google Notícias e não perca todas as informações mais importantes.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Especiais

Subscreva a Newsletter Leak

Não perca nenhuma informação importante! Subscreva a newsletter Leak e receba todas as notícias, destaques e outras informações importantes no seu e-mail.

Artigos relacionados