Microsoft corrige falha de segurança que afeta o Windows Defender

A Microsoft acaba de lançar uma correção de emergência que permite “tapar” a vulnerabilidade revelada pela Google na passada semana. De acordo com os investigadores da Google, foi descoberta uma falha de segurança no software Windows Defender que deixava os computadores vulneráveis a sofrer ataques remotamente.

Segundo os investigadores Tavis Ormandy e Natalie Silvanovich o ataque poderia chegar aos utilizadores dos sistemas operativos Windows através de um simples e-mail, bastando que o link ou um ficheiro anexado à mensagem fosse verificada pelo Windows Defender.

A Microsoft ao tomar conhecimento deste problema, revelou que o hacker que conseguisse explorar esta falha de segurança poderia executar código arbitrário e assumir o controlo do sistema podendo instalar aplicações, visualizar, alterar ou apagar dados e até mesmo criar novas contas de utilizador dom privilégios de administração.

A falha existe no Malware Protection Engine e está ativa por “default” nas diversas versões do sistema operativo destacando-se os populares Windows 8, 8.1 e 10.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Subscreva a newsletter Leak e tenha acesso diário aos principais destaques, ofertas e descontos nos parceiros Leak. Clique aqui

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

João Fernandeshttp://www.wintech.pt
Adepto de desportos coletivos e doente pelo “ENORME” Vitória de Setúbal, é um apaixonado pela tecnologia e tudo o que a rodeia. É redator e responsável pelos conteúdos do site Wintech.pt.

Leia também