Xiaomi Mi 11 Lite: a nova aposta chega com um ecrã de topo!

Caminhamos a passos largos para o lançamento do Xiaomi Mi 11 Lite. E se pelo nome considera que vai ter características bastante mais fracas, desengane-se. Os leaks que têm chegado à Internet revelam exatamente o contrário. Vamos olhar, por exemplo, para o ecrã. É que o Mi 11 Lite vai apostar num ecrã OLED E4 de última geração que é exatamente o mesmo que podemos encontrar no K40, K40 Pro e K40 Pro+. No entanto há uma diferença. A posição da câmara para selfies. É que no caso deste equipamento ela está localizada no canto esquerdo. Lembro que no Redmi K40 está no centro.

Xiaomi Mi 11 Lite: a nova aposta chega com um ecrã de topo!

Neste momento já conhecemos muito mais pormenores acerca deste equipamento. Por um lado, devido às imagens que chegaram à Internet.

Olhando para as novas imagens o Xiaomi Mi 11 Lite partilha o design com a versão normal. Apesar disso, não partilha o mesmo design curvo. Em vez disso, temos um painel plano com um furo no canto superior esquerdo. Embora com menos curvas, continua a ter molduras pequenas.

Mi 11 Lite ecrã

Infelizmente o novo leak não confirma o chipset que está presente neste smartphone. Ainda assim, sabemos que é um octa core e que opera a 2.3GHz. Entretanto outra informação é que este dispositivo vai estar disponível nas variantes 4G e 5G. Ou seja, teremos um Xiaomi Mi 11 Lite ainda mais barato.

Mi 11 Lite ecrã

Mas há muitos outros pormenores interessantes. Em termos de variantes teremos três. Assim a versão mais barata terá 6GB de memória e 128GB de capacidade de armazenamento. A intermédia terá 8GB + 128GB. Para finalizar a versão de “topo” terá 8GB + 256GB de armazenamento como refere o site Gizmochina.

Mi 11 Lite ecrã

Para além disto sabe-se também que deveremos ter uma bateria de 4150 mAh com carregamento rápido de 33W. Considerando o preço que não deve ser muito elevado, estas características são mais que suficientes. Quanto ao sistema operativo teremos a interface MIUI 12, eventualmente por cima do Android 11.

No caso da conetividade este dispositivo suporta como disse 4G e 5G. Mas há mais. Temos igualmente suporte para Wi-Fi 5GHz, Bluetooth 5.2, GPS, Galileo, BeiDou e GLONASS. No campo dos chipsets a FCC não revelou nada.

No campo da fotografia diz-se que vai trocar a potente câmara do Xiaomi Mi 11 por outro sensor de 64 megapixéis. A isto deverá juntar-se outro telefoto. Será capaz de disponibilizar um zoom de 5 megapixéis.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Subscreva a newsletter Leak e tenha acesso diário aos principais destaques, ofertas e descontos nos parceiros Leak. Clique aqui

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Leia também