Mesmo em dificuldades, a Huawei ficou atrás da Samsung!

A Huawei conseguiu ultrapassar (mais uma vez) a Apple na corrida à maior fabricante de smartphones do mercado.

Assim, de acordo com a Strategy Analytics, Canalys e Counterpoint Research, ao longo do ano de 2019, a fabricante Chinesa foi capaz de enviar 240 milhões de aparelhos para as lojas, ficando 40M acima daquilo que a Apple foi capaz de fazer. Entretanto, temos ainda de salientar que a Samsung continua isolada na liderança com ~300M de aparelhos enviados, ficando a Xiaomi e Oppo a fechar o top5.

Dito tudo isto, ver a Huawei no segundo lugar, não é de todo inesperado… Isto caso as coisas tivessem corrido normalmente durante o ano de 2019. O que como deve saber, não é correspondente com a realidade da empresa, graças à proibição imposta por Donald Trump.

Huawei atrás da Samsung em 2019? A proibição dos Estados Unidos acabou por não ter efeito? Teve… E não foi pouco!

S10 vs p30

Mais ou menos! É óbvio que a Huawei sofreu com a decisão de Donald Trump e sua administração. Basta olhar para o lançamento do Mate 30 Pro que já tivemos a oportunidade de analisar. Um excelente smartphone, que infelizmente acabou por não ter nem 10% do impacto que merecia.

Dito isto, o que realmente ajudou a Huawei a prosperar durante o ano foi o mercado Chinês. Afinal de contas, este mercado representa cerca de 60% das vendas totais da fabricante, com uma subida bastante interessante de 17% entre 2018 e 2019.

2019 podia ter sido o ano em que a Huawei metia a Samsung no bolso ao roubar o 1º lugar!

Portanto, como dissemos em cima, apesar da proibição não ter sido catastrófica para a Huawei. O impacto negativo é mesmo real.

Ao fim ao cabo, segundo os estudos de mercado publicados, a Huawei podia estar neste momento no trono do mercado de smartphones, relegando a Samsung para a segunda posição.


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir. Obrigado!

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

Leia também

Deixe um comentário