Mercedes-Benz AMG tem nova tecnologia PHEV e promete +800cv!

A corrida do mercado automóvel rumo à eletrificação não vai abrandar tão cedo! Mas nem tudo é mau, visto que o objetivo de todas as fabricantes não é ainda apostar por completo nos veículos 100% elétricos. Afinal de contas, a Mercedes veio agora apresentar a sua nova tecnologia hibrida PHEV de alta performance com um pormenor importante, e muito interessante.

A divisão de performance Mercedes-Benz AMG desenvolveu duas motorizações eletrificadas, e pelos vistos, uma mantém o famoso V8 4.0L da marca!

Portanto, o futuro Mercedes AMG GT73e 4Matic vai desta forma trazer o melhor de dois mundos aos seus entusiastas. Isto porque conseguiu manter o reconhecido motor V8 ao mesmo tempo que o apoiou com muitas e novas tecnologias.

Mercedes Benz AMG

Variante mais potente promete mais de 804cv!

Este modelo sem sombra de dúvida vai conseguir rivalizar os maiores rivais da marca e é até capaz de condução 100% elétrica. Ainda assim, também temos uma segunda motorização que equipa o motor 2.0L turbo da fabricante.

Dito tudo isto, a motorização mais potente é denominada de M177, a segunda de M139 e ambas equipam a caixa automática MCT-Speedshift de 9 velocidades e conversor de torque da marca.

Assim sendo, o motor V8 4.0L foi capaz de ser incluído devido à maior eficiência oferecida em conjunto com o motor elétrico no eixo traseiro. Desta forma a baixas rotações as emissões médias de CO2 são muito mais baixas o que torna tudo possível.

O motor elétrico é capaz de fornecer 94 cv de potência continua e até 201 cv de potência em pico em conjunto com 300nm de torque. Um fato curioso é que este motor impulsiona o eixo traseiro mas é capaz de enviar a potência por curtos períodos de tempo para o eixo frontal se necessário.

Mercedes Benz AMG

Vamos aos números!

Na variante mais potente que equipa o motor V8 eletrificado o Mercedes-Benz AMG GT73e 4Matic é capaz de superar os 804 cv e 1000 nm de torque. Algo que vai impulsionar todo o modelo dos 0-100km/h em números que rondam os 3.0 segundos.



A segunda variante equipa uma versão melhorada do motor 2.0L capaz de 443 cv e 600nm de toque. Contudo, quando acompanhado pelo mesmo motor elétrico é capaz de chegar aos 503 cv de potência e 700 nm de torque.

Em suma, de momento a chegada da eletrificação em força traz também algumas noticias boas. Afinal de contas, é graças a isto que o V8 vai ficar por mais algum tempo na Mercedes.


Ademais, o que pensa sobre isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Fonte

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Subscreva a newsletter Leak e tenha acesso diário aos principais destaques, ofertas e descontos nos parceiros Leak. Clique aqui

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

mm
Silvio José
Sempre gostei de tecnologia, e em tenra idade já sonhava em construir a minha Dream Machine. Alcançado esse sonho agora o objetivo é aprender mais e mais. A minha paixão em todo o tipo de tecnologia faz-me estar sempre alerta a todas as novidades.

Leia também