Inicio Hardware Mercado de PCs teve um ano de crescimento após quase 10 anos...

Mercado de PCs teve um ano de crescimento após quase 10 anos a cair!

O mercado de PCs voltou a apresentar sinais de crescimento, após 8 longos anos de queda! Isto de acordo com as agências IDC e Gartner.

Afinal de contas, segundo a IDC, o mercado subiu 2.7% para qualquer coisa como 266.7 milhões de equipamentos enviados para as lojas. Entretanto, a Gartner parece estar menos otimista, sugerindo uma subida de 0,6% para 261.2 milhões de aparelhos.

Assim, depois de em 2018 termos tido o primeiro trimestre positivo após 6 anos de resultados negativos, 2019 foi o ano em que tivemos mesmo uma subida como deve de ser no mundo dos PCs!

Mercado de PCs teve um ano de crescimento após quase 10 anos a cair!

Mercado de PCs

Portanto, apesar da Gartner e IDC concordarem na tendência de crescimento. Decidiram contar as coisas de maneira diferente. Ao fim ao cabo, ambas contam desktops, portáteis e tablets híbridos. No entanto, a Gartner não conta com a venda de Chromebooks.

Dito isto, ambas as agências citam o fim do suporte ao Windows 7, e posterior atualização de máquinas para o Windows 10 como uma das grandes razões para este crescimento. Ao fim ao cabo, temos de ter em conta todas as empresas que foram no fundo ‘forçadas’ a atualizar as suas máquinas devido ao fim do suporte do velhinho Windows 7.



No entanto, este fenômeno de atualização não irá durar para sempre…

Assim, enquanto as novas tecnologias como o 5G, e portáteis com ecrãs dobráveis podem ser realmente o futuro. A verdade é que são tecnologias que ainda estão muito longe de chegar às massas. Por isso, o futuro imediato poderá realmente ser novamente negativo.

Além disso, podemos também falar no fim do suporte ao Windows 8, para uma nova vaga de atualizações! Mas a verdade é que ao contrário do Windows 7, este sistema operativo nunca foi muito popular. Por isso, será totalmente incapaz de ajudar a uma nova tendência de crescimento.

Nem tudo foi bom para o mercado de PCs em 2019!

Curiosamente, a Gartner apontou o dedo à Intel, devido aos muitos problemas de produção e fornecimento de componentes. Afirmando que caso a AMD não tivesse subida os níveis de performance, o mercado de PCs poderia mesmo ter ficado em maus lençóis. O que nem é grande novidade, visto que foram várias as fabricantes de portáteis e PCs desktop que culparam a Intel pela queda nas suas receitas nas últimas reuniões de investidores (Ex: Lenovo, HP e Dell).


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Fonte 1 / Fonte 2

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Subscreva a newsletter Leak e tenha acesso diário aos principais destaques, ofertas e descontos nos parceiros Leak. Clique aqui

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, tive o meu primeiro PC aos 10 anos e aos 15 anos montei a minha primeira torre, desde aí nunca mais parei. Tudo o que seja tecnologia, estou na fila da frente para saber mais.

Leia também

Finalmente! Windows 10: problema no upgrade foi resolvido!

A Microsoft já está a disponibilizar uma atualização opcional que resolve um problema relacionado com os upgrades. O Windows 10 sempre ofereceu vários métodos...

Bomba! Se comprou um Galaxy S20 FE temos excelentes notícias!

A Samsung está realmente a dar tudo! É que para além de lançar excelentes equipamentos, tanto ao nível dos topos de gama, como dos...

Surpresa! Já pode colocar uma câmara no seu Apple Watch!

O mundo está cheio de acessórios para os mais diversos fins. Uns são mais comuns. Outros são bastante interessantes. É neste grupo que coloco...

Sony SRS-LSR200 – Um altifalante prático que ajuda na audição da sua TV

Ao longo dos anos, a Sony já nos habituou à qualidade dos seus equipamentos. Afinal de contas, um equipamento áudio desta fabricante traz consigo...

Samsung: é o fim para alguns smartwatches em 2021! Veja a lista

Para muitos os smartwatches são companheiros inseparáveis. De facto são muito úteis e normalmente ficam com os utilizadores durante bastante tempo. Mudamos mais vezes...