MediaTek faz batota… Porque que toda a gente faz o mesmo!

Uma fabricante a fazer batota em benchmarks? Que novidade não é… Na verdade não! Mas aqui não estamos a falar de uma simples fabricante de smartphones, estamos mesmo a falar de uma fabricante de micro-processadores, que por sua vez equipa várias fabricantes de referência no mercado Android.

MediaTek confessa batota nos benchmarks! Porque toda a gente faz o mesmo!

MediaTek faz

Portanto, não é novidade para ninguém que temos várias fabricantes de smartphones a fazer batota nos mais variados testes sintéticos. Especialmente quando falamos de fabricantes Chinesas. No entanto, ver uma fabricante de SoCs a dizer casualmente que o faz, porque na verdade… Toda a gente o faz, é uma completa novidade para mim.

Tudo isto foi descoberto pelo Anandtech, que ao comparar o novo Oppo Reno3 (MediaTek Dimensity 1000), com o mais antigo Reno3 Pro (Helio P95 -> SoC de gama baixa), reparou que a versão mais antiga entre os dois smartphones, (Reno3 Pro), venceu o novo Dimensity 1000. O que claro está… Não fazia mesmo muito sentido.

Por isso, a equipa decidiu usar uma versão antiga do PCMark, que não pode ser identificada como benchmark, para um tira-teimas. Aqui, o Dimensity venceu com uma vantagem média de 30%. (em alguns workloads, a vantagem foi superior a 70%).

MediaTek faz

Curiosamente, a versão do Reno3 Pro com o Snapdragon 765G não tem quaisquer indício de batota. Por isso, a equipa decidiu analisar o firmware do Reno 3Pro com o Helio P95. Onde foi possível encontrar um ficheiro com uma lista das aplicações e sites mais populares no mundo dos benchmarks, com vários tweaks. (Por exemplo: Boost ao controlador de memória e scheduler para aumento de performance.)

Depois desta descoberta, a investigação revelou que todos os aparelhos MediaTek tinham o mesmo exato comportamento, incluindo o Sony Xperia XA1 de 2016… Ou seja, isto não é de agora! É uma técnica com alguns anos.

A MediaTek respondeu a tudo isto sem qualquer problema, dizendo que esta técnica revela a capacidade máxima dos seus chips. Dizendo ainda que “Otimizações para Benchmark’ é um standard da indústria. A mesma exata desculpa que a Huawei usou há alguns anos, quando também foi apanhada nesta malha.

E na verdade… tem razão! Toda a gente faz o mesmo, estamos a falar de lista onde podemos encontrar o nome da Huawei, OnePlus, Meizu e até da Samsung! Que ao fim ao cabo, escondeu um algoritmo no Galaxy S4 capaz de perceber se existia algum benchmark a correr para posteriormente aumentar as frequências do CPU e GPU.


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Subscreva a newsletter Leak e tenha acesso diário aos principais destaques, ofertas e descontos nos parceiros Leak. Clique aqui

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt

mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, tive o meu primeiro PC aos 10 anos e aos 15 anos montei a minha primeira torre, desde aí nunca mais parei. Tudo o que seja tecnologia, estou na fila da frente para saber mais.

Em destaque

Leia também