Lucros da Huawei sobem e nem o COVID-19 e Trump assustam!

A Huawei tem vindo a enfrentar alguns problemas nos últimos meses. No entanto, isto não impediu este gigante de ter sucesso. De facto, esta empresa anunciou uma receita de 454 mil milhões de yuans chineses (cerca de 64,9 mil milhões de dólares) no primeiro semestre de 2020, ou cerca de 13,1% a mais do que em 2019. Até aumentou sua margem de lucro líquido de 8% para 9,2% nesse período. Embora a Huawei não tenha detalhado os números, assinalou que a pandemia do COVID-19 não foi tão prejudicial quanto para outras empresas.

Lucros da Huawei sobem e nem o COVID-19 e Trump assustam!

As tecnologias de comunicação e informação tornaram-se numa “ferramenta crucial” para combater o vírus e estimular a recuperação económica, afirmou a empresa.

Huawei COVID-19

Esse desempenho ocorreu apesar do primeiro trimestre mais complicado, quando esta empresa registou apenas um aumento de 1,4% na receita ano após ano. A pandemia afetou todo o mercado de dispositivos móveis, levando as empresas a diminuir a produção, fechar as lojas e perder algumas vendas de dispositivos. A Huawei parece ter sido particularmente atingida durante o primeiro trimestre, quando a pandemia estava no auge na China, país natal desta empresa.

Também é engraçado percebermos que a Huawei continua de boa saúde apesar da da pressão contínua dos EUA. O país alargou a sua proibição comercial até maio de 2021, e as informações avançadas pelo jornal The Telegraph e não só sugerem que a Inglaterra pode estar a repensar a sua decisão de permitir equipamentos da Huawei em partes não essenciais das suas redes 5G.

Huawei P40 Lite E

Os resultados da Huawei sugerem que os dias de rápido crescimento podem fazer parte do passado. Embora o crescimento de 13,1% seja algo a assinalar, é muito menor do que o aumento de 39% registado pela Huawei no ano anterior. Isto já se esperava assim que a Huawei afirmou que os resultados do primeiro trimestre correspondiam às expectativas. No entanto, há poucas dúvidas de que esta empresa desacelerou – e sem acesso a mercados como os EUA, a empresa pode não ter muito mais espaço para crescer.

Ainda assim, tudo pode mudar, dependendo de como decorrerão as eleições americanas.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Quer receber notificações gratuitas no seu smartphone ou computador sempre que lançamos um novo artigo? Clique aqui.

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

Leia também

Deixe um comentário