LG G7 ThinQ aparece em novas fotografias antes do lançamento


Por em

É já amanhã que a LG vai oficializar o seu novo smartphone chamado LG G7 ThinQ. Agora e antes da estreia aqui estão mais algumas imagens deste equipamento.

Este smartphone deverá ter um ecrã QHD+ de 6,1 polegadas com resolução de 3120 x 1440 pixeis e proporção de 19,5:9. Assim como outros equipamentos emblemáticos que já foram lançados este ano, este smartphone terá uma monocelha na parte superior.

Para além das melhorias ao nível do brilho, o novo painel LCD garante uma maior eficiência energética.

Importa ainda destacar que o Super Bright Display cobre 100% do espaço de cor DCI-P3. A isto juntam-se seis modos de cor no menu Configurações – Automático, Eco, Cinema, Desporto, Jogos e Personalizado.

LG G7 ThinQ

O LG G7 ThinQ também terá uma função de “aumento de brilho” que levará o brilho máximo a 1.000 nits para ajudar a aumentar a visibilidade ao ar livre e especialmente sob luz solar direta.

A LG afirma que em comparação com o antecessor – o LG G6, este vem com um painel frontal mais fino em 50%.

Aparentemente, o LG G7 ThinQ também virá com um segundo ecrã no painel superior, semelhante ao que vimos no LG V20. Segundo a empresa, o segundo ecrã pode ser utilizado como barra de estado ou como um ecrã único combinado com o ecrã principal.

Outras caracteristicas dão conta de um processador Qualcomm Snapdragon 845, 4 GB de memória RAM e 64 GB e 128 GB de capacidade de armazenamento. Destaca-se ainda uma configuração de câmara dupla na parte traseira com sensores de 16 MP e uma câmara para selfies de 8 MP.

O LG G7 ThinQ vem com o sistema operativo Android Oreo (8.1).

Todas as informações deverão de ser conhecidas amanhã no seu lançamento.

Fonte Technocodex

Leia também

Ou veja mais notícias de Android

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.
Anterior

Review – Auscultadores Razer Thresher Ultimate, valem a pena ?

Google e Fitbit juntas para combater Apple Watch?!

Seguinte