Knack 2: Um jogo de aventura a não perder

24708
0
Share:

O Knack 2 foi desenvolvido pela Sony Interactive Entertainment Japan Studio, o estúdio responsável pela série de jogos Gravity Rush e Patapon.

Este título tem a responsabilidade de redimir o primeiro Knack que na altura de lançamento foi bastante criticado por não ter correspondido às expectativas causadas pelo hype.

Nesta nova iteração da série não há tanto hype envolvido visto que o primeiro  Knack foi um título de lançamento da Playstation 4. O facto deste jogo ser lançado perto da data lançamento de Destiny 2 pode fazer com que o jogo passe despercebido à maioria dos jogadores.

Será que Knack 2 vai redimir a série de jogos e vai estabelecer-se como um dos melhores títulos exclusivos para as consolas?

A história deste jogo passa-se algum tempo após os eventos do primeiro título. Encontramos a cidade de New Haven sob ataque de uns robôs gigantes e, Knack, a personagem principal, está a tentar detê-los. Um pouco depois ficamos a saber que o companheiro de aventuras de Knack, Lucas, pode ter alguma responsabilidade pelo que se está a passar. Depois disso a história retrocede no tempo e descobrimos que estes robôs foram ativados durante uma expedição de Knack e dos seus amigos. Estes partem numa aventura por todo o globo para descobrir os segredos e a origem dos robôs misteriosos.

Este jogo combina plataformas e ação e faz lembrar os platformers que existiam no tempo da Playstation 2 como Jak and Daxter e Ratchet and Clank em que avançamos pelos níveis resolvendo alguns puzzles simples mas divertidos até chegarmos a secções onde temos de derrotar alguns inimigos. Como um plataformer este jogo está muito bem conseguido devido ao facto dos controlos de Knack serem responsivos e os níveis serem criativos.

Nas sequências de ação também é um prazer controlar Knack. O jogador tem dois botões que se podem combinar para fazer combos e, à medida que se avança no jogo, quer pela história quer por juntar experiência, ganha-se novas habilidades mais complexas.

Durante os vários níveis, o jogador vai poder fundir Knack com vários elementos como gelo ou diamante que fazem com que haja alguma variação no gameplay, tanto em termos de puzzles como nas secções em que se tem de derrotar inimigos.

Existem também muitos colecionáveis espalhados pelos níveis que incluem novos elementos para serem fundidos com Knack e também gadgets que facilitam a vida à personagem, como por exemplo um teletransportador em que caso o jogador caia de um sítio alto este é transportado para o local onde caiu. Este gadget tem um tempo de recarga senão retirava o interesse das secções de plataformas.

Relativamente aos aspetos menos positivos, acho que os Quick Time Events quebram o fluxo da ação. Mesmo que não existam muitos, era preferível dar liberdade ao jogador de participar na ação de uma forma mais interativa.

Em termos gráficos este jogo está muito bem detalhado parecendo por vezes um filme de animação onde todos os modelos das personagens parecem ter saído de um filme da Pixar. O mesmo acontece com as localizações onde decorre a ação.

No que diz respeito à performance na Playstation 4 Pro, o jogo parece que corre a 60 frames por segundo durante o gameplay, o que é ideal para este tipo de jogo o que faz com que as mudanças para 30 frames por segundo que ocorrem durante as cutscenes e durante os Quick Time Events sejam distrativas e tirem o jogador da imersão.

Penso que este jogo foi muito bem conseguido e é uma aventura que não vai querer perder, tanto pelas personagens e o mundo que nos é introduzido como pelo facto do jogo ser uma demonstração do poder gráfico da Playstation 4. Também é possível passar o jogo com um amigo em Co-op, o que é um ponto bastante positivo e algo a que não assistimos muito nos dias de hoje.

Gráficos7.9
Jogabilidade7.6
Banda-Sonora7.4
Diversão7.8
Penso que este jogo foi muito bem conseguido e é uma aventura que não vai querer perder, tanto pelas personagens e o mundo que nos é introduzido como pelo facto do jogo ser uma demonstração do poder gráfico da Playstation 4. Também é possível passar o jogo com um amigo em Co-op, o que é um ponto bastante positivo e algo a que não assistimos muito nos dias de hoje.
7.7
Share:

Dê a sua opinião