Junho vai ser o caos nos transportes públicos! Veja as datas

O mês de junho vai ficar marcado por várias greves no setor dos transportes. Assim, entre Comboios, metropolitano, autocarros, ligações fluviais e aeroportos, são várias as paralisações previstas. Entretanto para além da insatisfação que reina entre os trabalhadores e sindicatos, o setor também assiste ao aumento do número de reclamações por parte dos consumidores, mais 58% do que em 2021, revela uma análise do Portal da Queixa.

Junho vai ser o caos nos transportes públicos! Veja as datas

junho transportes

- Advertisement -

Junho arrancou com uma paralisação na Rodoviária de Lisboa e com uma greve dos trabalhadores das bilheteiras da CP. Assim já na segunda-feira (6 de junho), o caos ficou instalado no distrito de Setúbal. Isto quando os motoristas da Carris Metropolitana fizeram uma paralisação espontânea. Tudo por desconhecerem os novos horários e percursos dos autocarros que começaram a circular no dia 1 de junho. Cerca de 90% das carreiras urbanas e interurbanas da nova rede de autocarros previstas para aquele dia não se realizaram. As queixas dos passageiros não se fizeram esperar.

Perante o cenário de perturbações registadas no setor dos transportes, o Portal da Queixa realizou uma análise onde verificou que, do dia 1 de janeiro até 31 de maio de 2022, as reclamações dos consumidores dirigidas às várias subcategorias do setor aumentaram 58%. Assim, isto comparativamente com o período homólogo de 2021. Também subiu o número de empresas alvo de reclamações. Em 2021, foram 39 as entidades que receberam queixas dos consumidores e, este ano, são 51.

Eis as datas para a greve

Ao longo de todo o mês estão previstas perturbações nos comboios da CP – Comboios de Portugal. Assim devido a greves dos ferroviários.

Entretanto os sindicatos do Metropolitano de Lisboa também avançaram com pré-avisos de greve, que podem coincidir com os Santos Populares e com o Rock in Rio, festival que decorre nos dias 18, 19, 25 e 26 de junho.

junho transportes

Nos aeroportos, greve de trabalhadores da empresa Portway Handling de Portugal a 11, 12, 24 e 25 de junho. 

Também os trabalhadores da EMEL (Empresa Municipal de Estacionamento de Lisboa) equacionam realizar uma greve de 24 horas no dia 9 de junho.

Por outro lado os trabalhadores da Transtejo decidiram realizar uma greve nos dias 11 e 12 de junho. Já os trabalhadores da Soflusa anunciam greve nos dias 12 e 13 de junho.

Entretanto, no Norte, greves parciais no serviço de autocarros da STCP (Sociedade de Transportes Coletivos do Porto). O pré-aviso de greve parcial abrange as últimas quatro horas de serviço entre os dias 20 de junho e 31 de outubro.

Greve parcial dos trabalhadores da Atlantic-Ferries/Sonae, que garante a ligação Setúbal-Tróia, nos dias 11 e 12 de junho. 

Entretanto clique aqui para seguir a Leak no Google Notícias e ficar a par de todas as informações mais importantes. Pode também subscrever aqui a nossa Newsletter e receber as notícias no seu e-mail.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Especiais

Subscreva a Newsletter Leak

Não perca nenhuma informação importante! Subscreva a newsletter Leak e receba todas as notícias, destaques e outras informações importantes no seu e-mail.