Jovens sentem-se mais confiantes nas redes sociais, mas…

Todos conhecemos o lado negro da utilização de redes sociais por parte dos adolescentes. Cyberbullying e predadores sexuais são apenas dois dos problemas com os quais os adolescentes têm de lidar nessas plataformas. Ainda assim, a maioria dos adolescentes revelaram que estar nas redes sociais faz com que se sintam mais confiantes e apoiados. O Pew Research Center entrevistou 743 adolescentes entre 13 e 17 anos e descobriu que 81% se sentem mais ligados aos seus amigos graças às redes sociais.

Adolescentes sentem que com as redes sociais têm mais apoio

Talvez ainda mais importante, 68% dos adolescentes afirmaram que, graças às redes sociais, sentem que têm pessoas a apoiá-los quando os tempos estão mais difíceis. 69% referiram ainda que as redes sociais os ajudam a interagir com um grupo mais amplo e diversificado de pessoas.

Em paralelo, essas plataformas são mais propensas a fazer com que os adolescentes se sintam incluídos e não excluídos (71% contra 25%, segundo o mais recente estudo). 69% dos adolescentes afirmaram que a utilização das redes sociais faz com que eles se sintam mais confiantes. No entanto, 26% dos adolescentes sentem-se mais inseguros depois de interagir com outras pessoas nas redes sociais.

No entanto nem tudo são rosas…

45% dos adolescentes entrevistados afirmam que se sentem sobrecarregados por todo o drama que existe nestas plataformas. 44% relataram que não são amigos ou deixam de seguir as pessoas com esses problemas nessas aplicações. Quando questionados sobre o porquê, 78% apontaram para o drama criado por essas pessoas, enquanto 52% dizem que aqueles que não são amigos ou que não seguem são os responsáveis ​​pelo bullying.

Já 43% dos adolescentes afirmam que se sentem pressionados a publicar coisas que os fazem parecer bons aos olhos de outros. Já 37% sentem que precisam de colocar tipos de conteúdo que recebem normalmente muitos gostos e comentários.

Os tópicos que os adolescentes mais gostam

Então, quais os tópicos em que os adolescentes mais apostam nas redes sociais? Aproximadamente uma publicação acerca das coisas que fizeram. 44% publicam sobre a família, 34% discutem as suas emoções e 22% escrevem sobre a sua vida amorosa. Apenas 10% publicam assuntos relacionados com crenças religiosas ou políticas.