IPTV

O mundo do IPTV pirata anda a dar muito dinheiro a muita gente, no entanto, também pode ser um risco demasiado pesado tanto para o fornecedor de sinal como para os simples utilizadores do serviço.

IPTV Pirata – 15 sites foram apreendidos por autoridades Italianas

Portanto, no passado dia 17 de Janeiro, a Secção do Juiz de Investigações Preliminares do Tribunal de Roma ordenou a apreensão preventiva de 15 sites fornecedores de serviços IPTV pirata.

Estamos obviamente a falar de serviços que permitiam a visualização de conteúdo desportivo da Série A mediante uma taxa mensal, semestral ou anual. Curiosamente, ainda não foi determinado o número total de subscritores deste serviço, mas é especulado que seja um número impressionantemente alto.

A investigação foi pedida pelo Ministério Público Italiano? Mais ou menos…

TV, IPTV

Aparentemente, até os governos dos mais variados países parecem estar agora bastante atentos ao fenômeno do IPTV. Afinal de contas, estamos a falar de serviços que violam as cada vez mais conhecidas regras de proteção dos direitos de autor.

No entanto, também temos de salientar que primeiramente existiu um pedido de investigação feito pela Liga Nacional de Profissionais da Série A, com conjunto com as equipas organizadoras dos jogos de futebol propriamente dito. (Série A, Taça de Itália, Supertaça, etc…)

A apreensão é apenas o primeiro passo!

As investigações começaram a pedido dos responsáveis pelos eventos desportivos futebolísticos do país. No entanto, parece que o foco agora é investigar tudo até à raiz do problema. Ou seja, identificar todos os responsáveis pela estrutura da organização destes e outros sites que têm como objetivo a disseminação de sinal IPTV Ilegal/Pirata. Bem como os seus utilizadores.

Em suma, além de multas pesadas e penas de prisão para os responsáveis, é possível que os utilizadores que apenas tencionavam poupar uns trocos, vejam a sua vida a andar para trás nos próximos tempos.


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Fonte

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.