iPhone 17: Menos China? Sim. Mas muito mais Índia!

Como deve saber, o iPhone, apesar de ser “desenhado” nos Estados Unidos, é normalmente desenvolvido e produzido (leia-se “montado”) na China, a partir das fábricas da Foxconn.

Porém, nos últimos tempos, com todos os problemas comerciais entre os Estados Unidos e a China, a Apple tem tentado distanciar-se da sua tradicional forma de fazer as coisas, criando relações com uma outra região conhecida pela mão de obra barata… A Índia.

A coisa nem tem corrido muito mal, à exceção de alguns problemas de qualidade de construção, o que muito provavelmente se deve à diferença de experiência entre as linhas de produção Chinesas e as linhas de produção Indianas.

Sendo exatamente por isso que os planos da Apple estão a mudar para o iPhone.

iPhone 17: Menos China? Sim. Mas muito mais Índia!

iphone

Portanto, segundo o sempre reputado analista Ming-Chi Kuo, a Apple está a planear dar mais um ano às suas linhas Indianas para que ganhem mais experiência, de forma a mudar muitos dos seus recursos de desenvolvimento e produção. Ou seja, tudo indica que parte da gama de smartphones iPhone 17 vai ser desenvolvida fora da China, à medida que a Apple se tenta afastar da sua dependência por este território.

Mas… Muita calma! Estamos apenas a falar dos modelos iPhone 17 e iPhone 17 Plus.

Os modelos Pro, por serem mais complexos e mais valiosos, continuam desenvolvidos e produzidos em território Chinês. Aliás, no lado da produção, é exatamente isto que já acontece com a atual gama iPhone 15. Todos os modelos Pro são produzidos nas mais experientes linhas Chinesas, enquanto apenas alguns modelos iPhone 15 e iPhone 15 Plus são produzidos na Índia. (Porém, todos os smartphones foram desenvolvidos na China.)

Em 2023, cerca de 12-14% de todos os aparelhos produzidos vão sair da Índia. A Apple quer aumentar este número para 20~25% já no próximo ano.

Curiosamente, apesar de ser expetável que o design se mantenha basicamente o mesmo em 2024 e 2025 (iPhone 16 e iPhone 17). É também esperado que a Apple aposte em ecrãs ProMotion, bem como na funcionalidade Allways-On nos modelos mais baratos.

Antes de mais nada, o que pensa sobre tudo isto? Vai afetar a qualidade de construção do iPhone? Algo estranha neste último lançamento de 2023 (iPhone 15)? Partilhe connosco a sua opinião na caixa de comentários em baixo.

Fonte

Siga a Leak no Google Notícias e não perca todas as informações mais importantes.

mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, fui sempre aquele membro da família que servia como técnico ou reparador de tudo e alguma coisa (de borla). Agora tenho acesso a tudo o que é novo e incrível neste mundo 'tech'. Valeu a pena!

Leia também

Dicas essenciais para proteger o seu dispositivo contra roubo

Num mundo cada vez mais digital, proteger o seu smartphone tornou-se numa preocupação central. É que a ameaça de roubo não se limita apenas...

Dicas essenciais para limpar a sua piscina desmontável

Manter uma piscina desmontável limpa é essencial para garantir momentos refrescantes e seguros durante o verão. A limpeza de piscina não só melhora a...

Dobráveis: Xiaomi (e outras) por cima da Samsung em 5 aspetos!

Cmo estamos fartos de dizer, a Samsung é a força dominadora no mundo dos dobráveis. Mas, isso não significa que seja a fabricante que...

Faça isto e vai conseguir transformar o seu Gmail! Experimente!

Lidar com e-mails não é a forma mais divertida de passar o tempo. Sobretudo quando temos muitas mensagens com que lidar. No entanto, o...

Com este truque vai despachar o trabalho muito mais depressa!

Despachar o trabalho muito mais depressa é algo que todos queremos mas nem sempre conseguimos alcançar. No entanto a verdade é que está nas...

Netflix é completamente contra descontos no streaming

Quanto a si não sei, mas cá por casa, pago Netflix, HBO Max, Spotify, Prime, Disney+ e PS Plus! Uma despesa mensal considerável, que...

Newsletter Leak

Receba todas as notícias e destaques diretamente no e-mail. É grátis!

Artigos relacionados