Unboxing ao iPad Pro 2020 12.9 polegadas e primeiras impressões!

Sempre tive um certo fascínio pelos equipamentos da Apple. De facto, para mim, há três características que os distinguem. O design, o desempenho e o sistema operativo. Isto é transversal ao iPhone, ao iPad, aos Macbook e a muitos outros dispositivos. Agora eis que me chegou às mãos o iPad Pro 2020 graças à GMS Store. Será que a nova aposta da gigante da maça continua a reunir as características que fizeram do iPad o melhor tablet do mundo? Vamos olhar para o unboxing ao iPad Pro e depois para as primeiras impressões. 

Unboxing ao iPad Pro 2020 12.9 polegadas e primeiras impressões!

À semelhança da geração anterior, o iPad Pro 2020 está disponível em duas dimensões. Um modelo de 11 polegadas e outro de 12.9. Ora foi a versão de maiores dimensões que recebi para teste.

iPad Pro 2020 unboxing

O design é sem dúvida muito atrativo e temos um belo chassis em alumínio de alta qualidade a que este fabricante já nos habituou. Para além dos habituais botões de ligar e desligar e os de controlo de volume, temos também a opção de carregar manualmente o Apple Pencil. De uma forma bastante prática, a caneta agarrar-se magneticamente ao iPad de modo a que nunca se perca. De resto, termos uma porta USB-C para carregar o equipamento e ligar outros dispositivos e quatro altifalantes.

Entretanto apenas uma ressalva para indicar que na caixa para além do iPad, encontramos o carregador também um cabo USB-Tipo C.

iPad Pro 2020 unboxing

À semelhança do que acontece com o iPhone a câmara TrueDepth está integrada na moldura muito final. De facto, está tão bem integrada que nem se vê. Graças a ela temos o sistema de reconhecimento facial Face ID de modo a que os utilizadores possam desbloquear o seu equipamento com bastante rapidez.

iPad Pro 2020 unboxing

Posso dizer que as grandes inovações deste novo iPad estão na parte traseira. Temos o sistema de ligação inteligente mas sobretudo o novo sistema de câmara. Dito isto, temos um sensor de 12 megapixéis grande-angular e outro ultra-grande-angular de 10. De facto, o iPad Pro é o primeiro tablet com câmara duplas.

iPad Pro 2020 unboxing

Considerando que recebi hoje este equipamento com o unboxing e tudo ainda não tive tempo de testar conveniente as câmaras.

No entanto, irei fazê-lo nos próximos dias para perceber o verdadeiro potencial deste dispositivo. Ainda assim acredito que os resultados serão bons, especialmente devido ao novo sensor LiDAR. Na prática é uma espécie de radar de luz através do qual o iPad Pro calcula quanto tempo leva a luz a ser refletida pelos objetos.

Para garantir o desempenho que notei logo desde que liguei este equipamento está presente o processador da Apple, A12Z Bionic. Este processador tem oito núcleos e no papel deverá ser 2.6 vezes mais rápido que o A10X. São quatro núcleos de elevado desempenho e outros quatro mais modestos e que gastam menos energia. Ainda não fiz grandes testes ao nível de autonomia mas depois de ter estado a utilizá-lo intensivamente nas últimas horas, conseguiu uma autonomia a rondar as seis horas.

O ecrã é sem dúvida um dos pontos fortes e brilha realmente neste equipamento. Dito isto, temos uma resolução de 2732×2048 pixéis e uma taxa de atualização de 120Hz. Tudo isto, juntamente com a dimensão do painel, contribuiu para uma utilização fora-de-série. Realmente fiquei de boca aberta.

Para além disso temos uma elevada taxa de contraste e as cores são algo fora de série. Compreendo que estou a elogiar bastante o ecrã do iPad, mas não há como dizer o contrário.

Claro que para um destes equipamentos ter sucesso no mercado o hardware não chega. Ou seja, é necessário termos um bom software a acompanhar. Ora a Apple fez o pleno com o iPadOS 13.4. O que mais gosto é o suporte para ratos e touchpads. Podemos utilizar sem fios mas, no caso do rato, também por acabo.

Entretanto há algo que gostaria de ter experimentado mas não foi possível por ainda não haver disponibilidade. Falo em concreto do Magic Keyboard. Um teclado com touchpad que se prende magneticamente ao iPad Pro. Tem botões iluminados e ainda uma porta USB-C adicional. Vai garantir realmente uma utilização interessante mas só chega em Maio e não é baratinho. É que o teclado para este iPad Pro (maior) que testámos custa 399 Euros! Já para a versão mais pequena custa 339 Euros.

Os novos iPads já estão disponíveis no site da GMS Store. Os modelos de 12,9 polegadas podem ser encontrados aqui. Já os de 11 polegadas podem ser encontrados aqui.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir. Obrigado!

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

Leia também

Deixe um comentário