Inicio Fora da Caixa Investigadores apontam para a vida subterrânea em Marte

Investigadores apontam para a vida subterrânea em Marte

Marte é agora um planeta árido e frio, mas se alguma vez suportou vida, ainda é uma questão em aberto. Na Terra, as áreas que no passado disponibilizaram grandes quantidades de água, possuem diversas evidências da existência de vida. É exatamente por esse motivo que algumas partes de Marte têm sido fortemente investigadas, em busca de indícios de vida. No entanto, um novo estudo publicado na revista Nature Geoscience afirma que talvez não seja o melhor local para procurar.

Marte: Procurar abaixo da superfície pode ser a solução

Segundo o responsável pelo estudo, “considerando o pouco que sabemos acerca das origens da vida na Terra, faz sentido adotarmos um plano mais amplo para procurar por sinais de vida”. A principal sugestão é procurarem abaixo da superfície do planeta, em áreas que anteriormente alojaram sistemas hidrotermais.

Marte

“Marte não é a Terra”, afirmam os investigadores. “Devemos compreender que a nossa perspetiva acerca da forma como a vida se formou e evoluiu é influenciada pelo facto de vivermos num planeta onde a fotossíntese está envolvida”.

Na altura em que a fotossíntese surgiu na Terra, Marte era um planeta frio e sem atmosfera. Isto aliás era algo que perdurava há, pelo menos, mil milhões de anos.

Uma vez que Marte não é tão grande como a Terra, o núcleo arrefeceu mais depressa. Isto levou à perda do campo magnético deste planeta. É por esse motivo que há quatro mil milhões de anos, o planeta perdeu a sua atmosfera e deixou de estar protegido da radiação e dos ventos solares. Isto significa que se Marte tivesse tido vida na superfície, teria de ter sido mil milhões de anos antes da Terra, o que é pouco provável.

No entanto as coisas podem ter sido diferentes para a vida subterrânea. “Marte pode ser árido e na maioria dos casos inabitável no que diz respeito à superfície. No entanto, as condições hidrotermais abaixo da superfície podem ser mais favoráveis”.

É quase certo que este planeta teve atividade hidrotérmica no passado – o veículo espacial Spirit encontrou acidentalmente este sistema em 2008. Já em 2020, a NASA está a planear enviar outro veículo para o planeta vermelho. Este irá reunir, armazenar e, eventualmente, enviar de volta para a Terra as amostras rochosas de Marte. Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Quer receber notificações gratuitas no seu smartphone ou computador sempre que lançamos um novo artigo? Clique aqui.

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Leia também

Chegou o MIUI for TV 3.0! Conheça as principais novidades!

A Xiaomi lançou o MIUI for TV 3.0 em julho e agora a atualização está finalmente disponível e a chegar aos dispositivos. Dito isto,...

Android 11 provoca paragem de digestão no Google Pixel 4a

A gama de dispositivos Pixel da Google passou por algumas controvérsias. Falo de bugs de software e problemas de hardware. Mais especificamente, as questoes...

iPhone 12 Mini: afinal a velocidade vai desiludir!

Este ano, a revelação da próxima geração do iPhone foi adiada. A data exata de lançamento ainda não foi anunciada. Mas, isto não impede...

iPhone 12: veja o novo cabo Lightning para USB-C!

Caminhamos a passos largos para o lançamento dos novos smartphones 5G da Apple e até já sabemos algumas coisas. No entanto, não conhecemos tudo....

Já conhece o novo jogo para a PS4 Xbox One e PC? Esta demais!

Durante os últimos tempos, tem-se falado imenso sobre um novo grande jogo que está previsto chegar à PS4, Xbox One e PC já no...