Intel vai usar o iGPU para protecção extra e maior performance


Por em

A Intel está a planear permitir o uso das suas gráficas integradas(iGPU) para ajudar no processamento e pesquisa de ataques maliciosos, mudança que irá trazer uma melhoria significativa na performance e na capacidade da bateria de alguns sistemas.

Intel iGPU

Rick Echevarria, Vice Presidente da divisão de segurança da Intel, disse – “Com a Pesquisa Acelerada por memória, o processamento é feito pela gráfica integrada nos processadores, permitindo uma defesa mais eficiente, ao mesmo tempo reduzindo o impacto na performance e energia consumida do sistema.

“Alguns testes benchmark em sistemas Intel mostram que a utilização do CPU desceu entre 2-20%”

Esta tecnologia vai ter o nome de “Intel Threat Detection“, em bom Português “Tecnologia de detecção de ameaças”, e ficará disponível para a sexta, sétima e oitava geração de processadores Intel.

A ideia é permitir que o processamento de pesquisa de vírus seja feita no GPU integrado do processador – que raramente é utilizado inteiramente pelos sistemas – em vez do CPU que os anti-virus usam actualmente.  O que acaba por influenciar a performance de todo o sistema, ao usar ciclos preciosos de CPU.

Entrar no mercado

A Intel vai fazer uma parceria com a Microsoft para o suporte inicial desta tecnologia, com a mudança a chegar já este mês ao Windows Defender, com outros fabricantes de anti-virus atentos para implementarem também esta nova tecnologia.


A empresa revelou no mês passado, que irá redesenhar os seus processadores para os proteger contra ataques como o ‘Spectre’, explicando já algumas destas mudanças.

Intel iGPU

O Intel Security Essentials inclui agora protecções a nível de Hardware e secure boot para proteger as aplicações de ataques, tudo mudanças feitas diretamente nos processadores, pensadas para minimizar a perda de performance.

As actualizações feitas para proteger os sistemas actuais do Spectre e Meltdown tiveram impacto na performance, mas esse não será o caso dos futuros processadores.

O CEO da gigante dos processador, Brian Krzanich concluiu dizendo – “O nosso objetivo é oferecer não só a melhor performance, mas também garantir também que esta é segura.”

Se quiser saber mais acerca desta tecnologia, clique aqui.

Fonte

Leia também

Ou veja mais notícias de Hardware

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.
Etiquetas ,
Anterior

Xiaomi Mi 6X: Já são conhecidas as imagens oficiais

ASUS anunciou a sua nova linha de placas gráficas AREZ Radeon

Seguinte