Intel foi multada em 2 ‘biliões’ por violação de patentes

Pois bem, a Intel foi mesmo acusada e posteriormente considerada culpada pela violação de duas patentes da VLSI Technology. Por isso, vai ter de pagar 2.18 mil milhões de dólares (biliões) em indeminizações pelos danos causados ao conglomerado.



Intel multada

Portanto, estamos basicamente a falar de 1.5 mil milhões de dólares pela violação da primeira patente, e 675 milhões de dólares pela violação da segunda. Que patentes são estas? Tudo indica que estão relacionadas com o controlo das frequências do processador, e técnicas de voltagem utilizadas.

Estamos a falar de técnicas patenteadas pela Freescale e SigmaTel, em 2012 e 2010, respetivamente. Entretanto, a Freescale comprou a Sigma… Que posteriormente foi adquirida pela NXP. (Estes movimentos empresariais são sempre giros). Curiosamente, por fim, as patentes foram transferidas (2019) para a VLSI. Para quê? É simples, a ideia foi apenas e só ter todas as ferramentas necessárias para ir para uma batalha ‘sangrenta’ com a Intel.

Como é óbvio, a Intel já veio a público dizer que não concorda com a decisão do Júri. O que claro está, significa que as corridas aos tribunais ainda não terminaram, com o recurso já em andamento. Em suma, é muito provável que esta batalha jurídica ainda se venha a arrastar durante mais alguns anos.

O que faz todo o sentido para a Intel, visto que 2 mil milhões de dólares é uma quantia muito significativa de dinheiro, visto que o recorde de receitas da empresa está fixado em 5.9 mil milhões por trimestre.


Intel ‘matou’ extensão de garantia para Overclock

Há algum tempo atrás, a Intel introduziu o “Performance Tuning Protection Plan” (PTPP), que basicamente serviu como extensão de garantia para qualquer tipo de dado que possa ocorrer durante a prática de overclock.

Desta forma, os compradores de processadores Intel Core, nomeadamente as versões K, tinham a possibilidade de meter as mãos numa unidade completamente nova, se por ventura ‘matassem’ o seu processador enquanto brincavam com frequências e voltagens. Um plano com o custo de 20~30€.

Pois… O problema é que a Intel decidiu mesmo ‘matar’ o mal pela raiz, ao acabar com o plano de uma vez por todas. Afinal de contas, a Intel já atualizou a página de forma a demonstrar que o plano está agora EOL (ou seja, End-Of-Life).

Interessado no tema? Leia o resto do artigo aqui.


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Subscreva a newsletter Leak e tenha acesso diário aos principais destaques, ofertas e descontos nos parceiros Leak. Clique aqui

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, tive o meu primeiro PC aos 10 anos e aos 15 anos montei a minha primeira torre, desde aí nunca mais parei. Tudo o que seja tecnologia, estou na fila da frente para saber mais.

Leia também