Indústria não consegue acreditar no que a Google fez ao Stadia

Como noticiámos há alguns dias atrás, a Google decidiu ‘matar’ os seus estúdios internos responsáveis pelo desenvolvimento e lançamento de jogos exclusivos para a plataforma de streaming Stadia.

Uma notícia que foi recebida com algum receio pelos jogadores, especialmente quem já está investido pela plataforma. Mas que aparentemente deixou completamente estupefacta a indústria dos videojogos… Onde claro está, temos de incluir os empregados da própria Google.

Afinal, alguns dias antes do anúncio oficial, o responsável máximo pelo Google Stadia (Phil Harrison), enviou um e-mail a todos os developers do estúdio, basicamente a dizer que estava tudo a correr bem, e que a Google mantinha o seu compromisso inicial.

Mas que belo e-mail…



Indústria não consegue acreditar no que a Google fez ao Stadia

stadia

Portanto, as notícias de que a Google iria fechar os seus estúdios de desenvolvimento caiu especialmente mal nos próprios developers do estúdio Stadia Games, especialmente de alguns dias antes, terem recebido um e-mail a trazer alguma confiança para o seu futuro.

A coisa foi tão surpreendente, que um dos developers da Stadia Games veio a público dizer:

  • “Acho que as pessoas apenas querem saber a verdade. Apenas querem uma explicação de quem realmente manda. Não faz muito sentido começar este estúdio, contratar uma dezena de pessoas, e passado um ano, tudo termina. Não é verdade? É impossível fazer um jogo em apenas um ano… E nós tínhamos promessas para vários anos, algo que já não temos.”

Entretanto, segundo algumas fontes, parece que já existiam alguns indícios de que as coisas não andavam bem. E de forma bem curiosa, parece que o COVID-19 tem culpas no cartório.

Mas muito resumidamente, tudo indica que a Google decidiu voltar atrás, muito provavelmente quando percebeu o nível de investimento que seria necessário para ter um estúdio first-party competitivo. Por isso, decidiu cortar o mal pela raiz, antes de começar a investir dinheiro a sério.

Será que isto poderá afetar o Stadia a longo prazo? Provavelmente sim. Mas verdade seja dita, não existe ainda grande consenso na passagem para o Gaming via Streaming, por isso, talvez seja boa ideia para a Google corrigir alguns dos problemas da plataforma, antes de atirar milhões para exclusivos de qualidade, quando a Microsoft e Sony já têm tantos estúdios do seu lado.


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Fonte

mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, tive o meu primeiro PC aos 10 anos e aos 15 anos montei a minha primeira torre, desde aí nunca mais parei. Tudo o que seja tecnologia, estou na fila da frente para saber mais.

Mais deste autor

Relacionadas

Publicidadespot_img

Últimos artigos

Gboard: já pode personalizar como nunca o teclado da Google!

Não há dúvidas de que o teclado da Google, o Gboard é um dos melhores e mais utilizados. Funciona bem e disponibiliza diversas funcionalidades....

Ataques informáticos dão 35 anos de prisão a homem de 32 anos!

Muitas pessoas acham que estão a salvo por fazerem atividades ilícitas atrás de um computador. No entanto isto não podia estar mais longe da...

Não jogue estes jogos! São considerados os mais tóxicos!

Se por acaso costuma jogar diariamente os mais diversos vídeo jogos então certamente deverá saber que existem uns com comunidades mais tóxicas do que...

Não perca nenhuma informação de última hora!

Registe-ne na Newsletter Leak e receba diariamente todas as informações no seu email!