IFA 2016: Realidade virtual mais rica com Alcatel Vision VR, óculos móveis wireless all-in-one


Por em

A Alcatel está no bom caminho para deixar a marca em 2016, como fabricante capaz de inovar e diferenciar. Hoje, na IFA 2016 em Berlim, a Alcatel anunciou uma ampliação ambiciosa do seu ecossistema de realidade virtual, incluindo os Alcatel Vision VR, o primeiro dispositivo mundial de Realidade Virtual móvel all-in-one verdadeiramente acessível e perfeito para o entretenimento em casa.

Quando a Alcatel Lançou os interessantes Alcatel Idol 4S e Idol 4VR numa caixa que duplicava com óculos VR, não pudemos deixar de nos impressionar com a relação qualidade-preço dos dispositivos. Agora, com os Vision VR e as novas câmaras 360º, a Alcatel acaba de colocar no mercado uma das mais inovadoras e atraentes propostas de realidade virtual a alguma vez chegar ao público geral.

Dos diversos anúncios feitos hoje, os Vision VR são a menina dos nossos olhos. Futuristas e avançados, resultam de uma parceria com a Jaunt VR, Magic Interactive Entertainment e Instituto Fraunhoffer. Se a Jaunt é especialista em vídeo VR, a Magic Interactive Entertainment tem ampla experiência nos jogos e a Fraunhoffer é perita no áudio, e responsável pelo áudio imersivo dos Vision VR.

E os Vision VR não são vulgares óculos de realidade virtual. Totalmente autónomos, funcionam via wireless e permitem uma completa liberdade de movimentos sem termos de ter fios agarrados ao PC ou um telemóvel encaixado em frente aos olhos. A opção é ideal para aqueles jogos e experiências que nos permitem deambular por ambientes virtuais.

O design dos Vision VR é futurista, refinado, e com aspecto tão confortável que poderíamos dormir com eles colocados. Com um sonho em realidade virtual, quiçá, mas as funcionalidades não ficam atrás da estética. Os Alcatel Vision VR caracterizam-se por um ecrã de baixa latência de 17 milissegundos e o maior grau de visão da sua categoria: 120º. Por latência entendemos o intervalo de tempo que vai entre o momento em que mexemos a cabeça e o ecrã responde, um problema grave quando temos um ecrã tão perto dos olhos, resultando em dores de cabeça ou enjoo. Mas com latência assim tão baixa, os Vision VR deverão reduzir em muito estes problemas, providenciando uma experiência sensorial melhorada.

As especificações técnicas também dizem que os Vision VR se adaptam a quem tem problemas de visão, eliminando a necessidade de utilizarmos óculos ou lentes de contacto com os Vision colocados, mas resta-nos ainda perceber quantas dioptrias de compensação estarão disponíveis.

No interior encontrarmos um ecrã duplo de 3.8 polegadas com resolução 1K e tecnologia AMOLED de baixa latência, e o restante hardware não ficaria mal num smartphone: o processador é um Exynos 7420 (idêntico ao do Samsung Galaxy S6) com GPU Mali T760, 3GB de RAM e armazenamento muito expressivo de 32GB. A bateria é de 3000mAh com carregamento rápido. Todo o dispositivo pesa apenas 315 gramas.

Alcatel 360 Camera

Alcatel 360O nome é bastante explícito: a Alcatel juntou-se ao grupo de fabricantes que possuem câmaras 360º, ideais para qualquer um poder criar conteúdos em 360º sem dificuldades. Dois modelos existem, um rectangular que prima pelo aspecto compacto, e o esférico, mas ambos possuem duas lentes fisheye com ângulos de visão de 210º. A compatibilidade com smartphones da Alcatel é completa, com uma simples ligação micro USB.

Também aqui a Alcatel anunciou quatro parcerias de peso, com os fabricantes de câmaras 360° 360fly, ALLie Camera, Arashi Vision (Insta 360 4K) e Primesom (Nico360), que vão oferecer funcionalidades mais diversificadas e interessantes para os consumidores, nomeadamente para utilização ao ar livre e a nível empresarial.

Já no evento de lançamento do Alcatel Idol 4 em Portugal ficou bem claro o compromisso da Alcatel e da TCL Communication na realidade virtual, que acreditam ser o futuro próximo da tecnologia uma tendência na qual querem ser líderes:

“A VR é a nova grande plataforma computacional e vai redefinir a forma como experienciamos o mundo,” revela Nicolas Zibell, General Manager da área de International Business e Presidente da TCL Communication, acrescentando ainda: “É por este motivo que nos estamos a envolver nela desde o princípio. O nosso novo dispositivo móvel VR e a câmara 360° são para aqueles que acreditam que a tecnologia pode mudar o mundo – e que querem fazer parte dessa mudança.”

Se a Alcatel acredita na VR, o melhor é que parece estar pronta para lançar para o mercado produtos que cristalizam essa crença em mais-valias para o consumidor. E vocês desse lado, o que pensam da visão da Alcatel para a realidade virtual?

Leia também

Ou veja mais notícias de outros

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.
Anterior

IFA 2016: Conheças as principais novidades da Asus

As características do Sony Xperia XZ que o vão seduzir

Seguinte