Huawei Watch GT oficializado: Tudo o que precisa de saber


Por em

Hoje, a Huawei apresentou ao mundo diversos equipamentos. Os principais são o Huawei Mate 20, Huawei Mate 20 Pro, Huawei Mate 20 X que não chegaram sozinhos já que foram acompanhados por um novo smartwatch denominado Huawei Watch GT.

Este dispositivo que parece ser um Wear OS, utiliza na realidade um sistema operativo próprio. Isto é algo que já havíamos revelado na Leak. Assim o Watch GT executa a plataforma LiteOS da Huawei.

A Huawei não revelou muito acerca do LiteOS, mas parece ter todas as outras funcionalidades que encontramos nos dispositivos deste género. Assim temos o acompanhamento de exercícios, mostradores de relógio personalizados e notificações.

Com o Watch GT, a Huawei tinha dois objetivos em mente. Quis criar um smartwatch que se parecesse com um relógio normal e tivesse uma bateria de longa duração. A empresa diz que o relógio tem uma autonomia de 22 horas com uma única carga, com acompanhamento contínuo de exercícios, GPS, monitoração da frequência cardíaca e o ecrã ligado durante todo esse tempo.

De forma mais impressionante, a Huawei afirma que o relógio funciona durante duas semanas com uma única carga a medir sempre a frequência cardíaca e com 90 minutos de acompanhamento de exercícios por semana.

Se utilizar o relógio somente para mensagens e chamadas com monitorização de frequência cardíaca e GPS desligado, a Huawei informa que o relógio GT terá uma autonomia de 30 dias.

O Huawei Watch GT é um dispositivo muito atrativo que oferece um design clássico e elegante. O chassis é desenvolvido em aço inoxidável com uma moldura cerâmica.

O relógio GT tem 10,6 mm de espessura, o que o torna muito elegante e menos volumoso do que o Galaxy Watch da Samsung. Possui um ecrã AMOLED circular de 1,39 cm que parecia grande o suficiente para uma interação confortável no ecrã sensível ao tacto.

Outras especificações dão conta de um altímetro, que é ótimo para caminhadas, e um sensor de frequência cardíaca na parte traseria. O sensor de frequência cardíaca utiliza o que a Huawei chama de verificação de frequência cardíaca Truseen 3.0 e que utiliza seis LEDs e algoritmos de aprendizagem automática para uma medição em tempo real mais eficiente e precisa.

O processador interno utiliza uma arquitetura de chipset duplo. Um tem baixa velocidade para baixo consumo de energia e um chip de alta velocidade para tarefas mais poderosas. A inteligência artificial alterna entre os dois núcleos, dependendo das tarefas que está a executar para conservar a bateria ou fornecer mais energia. Destaca-se ainda o modo de baixo consumo para atividades de sono ou outras atividades sedentárias e um modo normal para atividades como natação, corrida ou caminhada.

Leia também

Ou veja mais notícias de Android, Especiais

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.
Etiquetas

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.