Huawei será a próxima grande concorrente da Tesla?

A Huawei já deixou muitas vezes no ar o seu interesse pelo mercado automóvel. Já vimos ligações a marcas automóveis, sistemas inovadores e agora eis que surgem novas provas. É que recentemente foram descobertas muitas patentes. Apesar de terem sido submetidas a 27 de Dezembro de 2018, só foram aprovadas a 10 de Julho de 2020. Será que a Tesla tem razões para ter medo da Huawei?

Huawei: será a próxima grande concorrente da Tesla?

A patente, de forma mais abstrata, aborda um sistema de condução automática e alguns métodos para esse efeito. Tudo isto é necessário para se criar uma estratégia automática de navegação baseada no histórico de condução do utilizador e o ambiente que o rodeia. Claro que o objetivo será sempre garantir uma condução realmente segura.

Huawei Tesla

Para que tudo isto corra da melhor forma, há sempre diversos elementos a ter em conta. Afinal de contas quer-se atingir uma condução automática segura. Assim, o sistema vai determinar todos os dados do utilizador. Como é o tipo de condução, velocidade que costuma atingir e muito mais. Também é registada a interação do condutor com outros automóveis. Depois também analisa toda a área à volta em tempo real. Isto vai permitir delinear a melhor estratégia de acordo com as condições. Quando falo de condições, falo das atmosféricas e também das de trânsito. Se ele existe ou não.

Huawei Tesla

Para além disso existe ainda outra patente. A segunda fala de circuitos de condução para veículos elétricos e métodos de carregamento e libertação de energia. Foi submetida a 18 de Março de 2018 e a aprovação data de 10 de Julho de 2020.

Huawei Tesla

O resumo da patente mostra um circuito que permite ligar e desligar o automóvel e um método de carregamento e descarregamento para um veículo elétrico. Quando o circuito está na fase de descarregamento, a primeira bateria, a segunda e a terceira podem funcionar em paralelo para alimentar o motor. Quando o circuito do inversor está na fase de carregamento, a primeira bateria, a segunda e a terceira podem ser ligadas em série. Portanto, o dispositivo de carregamento pode funcionar em alta tensão.

Entretanto existem outras informações na Internet curiosas. É que a Huawei, aparentemente, quer entrar no mercado automóvel, não se sabendo se isto será feito através de parcerias com outros fabricantes ou produção própria. Uma coisa é certa, com tantas patentes a gigante chinesa está realmente a preparar algo em grande. Será que a americana Tesla tem motivos para se preocupar?

Fonte

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Mais deste autor

Relacionadas

Publicidadespot_img

Últimos artigos

Natal de 2021 pode ser sem smartphones! Escassez aumenta!

Os fabricantes de smartphones não estão a ter uma vida fácil e de facto podemos dizer que se preparam para atravessar uma situação muito...

O kit de memória RAM DDR5 mais estranho é da Galax

Hoje em dia, as fabricantes de componentes de alta performance para o mundo dos PCs, têm de arranjar designs interessantes na parte visual, mas...

Windows 11 igual ao Windows 10: Problemas nas impressoras!

É caso para dizer... Tal pai, tal filho! Afinal de contas, o Windows 11, que diga-se de passagem, está a ter um lançamento com...

Não perca nenhuma informação de última hora!

Registe-ne na Newsletter Leak e receba diariamente todas as informações no seu email!